quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Chega de mamata, ao trabalho!


Como diz logo pela manhã José Simão, ao trabajo macacada!Depois de um tempo longe do blogue, a saudade bateu e já estava por demais saudoso de escrever e escrever do Peixão, minha Paixão. Ah... que trocadilho infame e horroroso.

Mas pelo que estive acompanhando, não fui o único a sair de férias. O time do Santos ainda não engrenou no Brasileirão. Pois é, afastei-me do blogue e do futebol de certa forma após a gloriosa conquista do Tri da Libertadores. Eu estava lá no Pacaembu, ele estava lindo branco, mais lindo ainda com a festa do título. Só tenho que agradecer a este time maravilhoso que é o Santos, ao Pelé que está sempre presente, ao Muriçoca que botou ordem, LAOR nosso guru e ao elenco, o melhor do Brasil. Neymar é gênio!

Mas eu saí do Pacaembu, já de madrugada, cansado pra caramba. E depois entrei na rotina dos preparativos do casamento. Não poderia ser melhor ano para casar do que o do TRI da Libertadores. E aí, negô, casar dá trabalho. E cá estamos de volta para falar do Peixe, porque #Hojetem e será lá na Colina do atual campeão da Copa do Brasil. Santos e Vasco, um clássico brasileiro, o clássico do milésimo gol de Pelé e talvez o clássico para mais uma marca histórica de nosso alvinegro: o gol 11.700.

É verdade que o Santos não engrenou no Brasileirão, mas parte do time podemos dizer, porque o ataque está avassalador. Nos últimos dois jogos 6 gols! Pena que a defesa tomou 8, cruzes! Mas acho que é mais difícil achar um ataque tão bom, a defesa dá para arrumar e o Muricy é mestre nisso.

Acredito que o problema está no meio campo para falar a verdade. Apesar de ser atrativo, com muita gente boa de bola, ele é lento e com só o monstro Arouca dando combate. Ou seja, é difícil assim. Se lembrarmos do meio do ano passado, tinha o Wesley motorzinho. Na Libertadores, já este ano, Adriano jogou demais e deu tranqüilidade, inclusive para o Arouca, para que todo meio campo contruísse mais jogadas de ataque.

O certo é que Ibson ainda está muito fora de forma ou falta re-adaptação ao futebol brasileiro, o Elano está em uma má fase e o Ganso, enfim, o Ganso precisa acordar. Acredito que quando a janela fechar, ele acorda, pois é. O que é legal é que dá para testar essas formações e ver que o Santos terá entrosado um poder ofensivo muito grande para o mundial. O que hojé o foco. Aliás, vem Pelé? Esperemos.

Por ora, o que espero mesmo é um Santos mais ligado, um meio campo mais pegador que não sobrecarregue tanto a defesa. Neymar e Zé Love neste ano, André, Neymar e Robinho ano passado, pressionavam a saída de bola. E o meio campo não poderá ficar deixando tanto no mano a mano a defesa. É isso.

#PracimadelesSantos

Nenhum comentário: