quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O maior time da Terra


Hoje tem e tem o maior time da Terra em campo, meu amor, primeiro e eterno amor, Santos. Quantos podem dizer que marcaram 11.700 gols? Só o Santos.

Como tinha alertado na semana passada, iríamos vencer o Ceará, pois além de ver o time se entrosando, uma motivação extra-campo nos foi dada. E é assim, caixa. E um a zero foi pouco. Mas o suficiente para não transformar o clássico de daqui a pouco em um inferno.

Daqui a pouco jogaremos apenas mais um jogo para nossa reação e vitória será fundamental, dará motivação extra para dar mais trabalho nesse Brasileirão.

Agora é esperar e o rapaz aí da foto poderá fazer toda diferença hoje e para aumentarmos ainda mais o record do time que tem mais gols no mundo.

Pra cima deles, Santos!!!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Domingo é hora de reagir e nos deram ingrediente


De novo, de novo e mais uma vez esse papinho para vender jornal de Ganso jogar no Corinthians. Não dá, cara. Esse diretor do Corinthians é ridículo, o Santos tinha que pedir punição ao time da Marginal, como já fez a Milan e Inter de Milão. Time asqueroso.

Duas coisas as pessoas estão com dificuldade: uma é que a Europa não engoliu um não vindo de sua antiga colônia. É verdade, Espanha. Uma hora a feira acaba, o açougue não está assim tão aberto para qualquer um. A segunda, é que o Santos não é um time pequeno, a imprensa tem essa dificuldade. O pessoal não entende como é que pode o Santos ter voltado à rotina de títulos e o Corinthians não ter conseguido uma Libertadores, um vice pelo menos.

O Caim-Irmão da Marginal está louco, não tira o Ganso do Santos da boca. Aliás, disseram que estão com as portas escancaradas para receber o Ganso do Santos. Pois é... talvez o diretor são-paulino tenha razão em dizer que o Andrés é "são-paulino enrustido".

A questão é que foi esse papinho que serviu de ingrediente para o Santos voltar a vencer no primeiro semestre. Sempre que tinha esse papinho, ia lá o Ganso e jogava muito e dizia que queria ficar. E agora contra o Ceará é a hora da reação.

Domingão, de presente de mim para mim mesmo de aniversário, já comprei meu ingresso para ver o Peixe no Pacaembu e espero a vitória como presente do Peixe. Vai ser um jogão!

Pra cima deles, Santos!!!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Mal acostumado


De fato, ontem eu voltei a escrever, voltei ao trabalho, mas a nossa rotina de vitórias ainda não. E aí o que acontece é o que sempre acontece... a cornetagem rola solta. O torcedor santista é assim, depois que se acostuma com o show, com grandes vitórias é incapaz de entender o que de fato o cerca. Mal acostumados, estamos.

Enfim, mesmo entendendo a fase transição, acredito que, até por ser uma fase de testes, Muricy tinha que considerar um reforço de treino para Elano e Ganso. Elano está fora de forma, precisa de uma folga, um tempo de descanso e treino. Isso seria benéfico até para ele conseguir acertar sua cabeça por conta dos vários problemas que aconteceram com ele recentemente.

Ganso também está andando em campo, está produzindo muito abaixo daquilo que é capaz. Não sei se tanta má assessoria, tanta especulação, se é a falta do acerto com a diretoria, não sei o que é, só sei que ele está de mau a pior e precisa de um tempo também. Precise até de um psicólogo, uma ajuda bem especializada para que ele volte a render aquilo que sabemos que ele pode.

Também acho que a possibilidade de estréia do Henrique e a recuperação do Adriano são cruciais para que o Santos engrene no Brasileirão. O Ibson ainda está muito mal, mas vai melhorar, ontem deu o primeiro gol ao Diego Souza, ficou assistindo o 10 do Vasco fazer o que fez. Mas ele mostrou potencial, já correu mais no segundo tempo, entendeu que precisa marcar mais. Só que Henrique e Adriano são os nomes para resolver esse meio de vez. E a volta do Danilo na sub-20 será um bálsamo para nossa lateral-direita, apesar de o Pará estar comprometendo pouco. Só que falta o apoio com qualidade no ataque.

Só espero mais paciência da torcida do Santos, somos os únicos brasileiros com dois títulos neste ano, então, não é para tanta corneta como vem surgindo. Corneta que de certa forma se justifica no adiantamento de cotas da TV. Não gosto disso, vamos ver direitinho o que Diretoria fará.

Contra o Ceará, não espero um Pacaembu lotado, mas como a previsão disse que poderemos ter um domingo muito mais quente que esta quinta gélida, onde os dedos até doem na digitação, acredito que teremos um bom público. Uns 18 mil. E temos que comparecer para apoiar e eu estarei lá.

#VaiSantos

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Chega de mamata, ao trabalho!


Como diz logo pela manhã José Simão, ao trabajo macacada!Depois de um tempo longe do blogue, a saudade bateu e já estava por demais saudoso de escrever e escrever do Peixão, minha Paixão. Ah... que trocadilho infame e horroroso.

Mas pelo que estive acompanhando, não fui o único a sair de férias. O time do Santos ainda não engrenou no Brasileirão. Pois é, afastei-me do blogue e do futebol de certa forma após a gloriosa conquista do Tri da Libertadores. Eu estava lá no Pacaembu, ele estava lindo branco, mais lindo ainda com a festa do título. Só tenho que agradecer a este time maravilhoso que é o Santos, ao Pelé que está sempre presente, ao Muriçoca que botou ordem, LAOR nosso guru e ao elenco, o melhor do Brasil. Neymar é gênio!

Mas eu saí do Pacaembu, já de madrugada, cansado pra caramba. E depois entrei na rotina dos preparativos do casamento. Não poderia ser melhor ano para casar do que o do TRI da Libertadores. E aí, negô, casar dá trabalho. E cá estamos de volta para falar do Peixe, porque #Hojetem e será lá na Colina do atual campeão da Copa do Brasil. Santos e Vasco, um clássico brasileiro, o clássico do milésimo gol de Pelé e talvez o clássico para mais uma marca histórica de nosso alvinegro: o gol 11.700.

É verdade que o Santos não engrenou no Brasileirão, mas parte do time podemos dizer, porque o ataque está avassalador. Nos últimos dois jogos 6 gols! Pena que a defesa tomou 8, cruzes! Mas acho que é mais difícil achar um ataque tão bom, a defesa dá para arrumar e o Muricy é mestre nisso.

Acredito que o problema está no meio campo para falar a verdade. Apesar de ser atrativo, com muita gente boa de bola, ele é lento e com só o monstro Arouca dando combate. Ou seja, é difícil assim. Se lembrarmos do meio do ano passado, tinha o Wesley motorzinho. Na Libertadores, já este ano, Adriano jogou demais e deu tranqüilidade, inclusive para o Arouca, para que todo meio campo contruísse mais jogadas de ataque.

O certo é que Ibson ainda está muito fora de forma ou falta re-adaptação ao futebol brasileiro, o Elano está em uma má fase e o Ganso, enfim, o Ganso precisa acordar. Acredito que quando a janela fechar, ele acorda, pois é. O que é legal é que dá para testar essas formações e ver que o Santos terá entrosado um poder ofensivo muito grande para o mundial. O que hojé o foco. Aliás, vem Pelé? Esperemos.

Por ora, o que espero mesmo é um Santos mais ligado, um meio campo mais pegador que não sobrecarregue tanto a defesa. Neymar e Zé Love neste ano, André, Neymar e Robinho ano passado, pressionavam a saída de bola. E o meio campo não poderá ficar deixando tanto no mano a mano a defesa. É isso.

#PracimadelesSantos