quarta-feira, 25 de maio de 2011

No embalo do Pacaembu

#Hojetem de novo um Pacaembu parecendo um mar branco, vibrando e cantando pelo nosso Santático. #Hojetem uma corrente pra frente, que não se quebra, que protege nossos jogadores dos invejosos de plantão. #Hojetem contra o Cerro, time que já enfrentamos na primeira fase, empatamos em casa e vencemos fora, mas hoje é diferente e o histórico não conta. Pois #Hojetem semi-final de Libertadores e o bicho vai pegar.

Muitos podem pensar assim mesmo: "O Santos já venceu esse time, então, vai vencer de novo". Eu não. Porque futebol não é uma conta de matemática. Futebol envolve muito mais. Para mim, o Santos venceu esse time e vai vencer de novo, porque vai empurrado por nós de todos os cantos do mundo. Vai vencer porque tem um time melhor, mesmo sem o Ganso, o Santos pode fazer uma boa vitória hoje e encaminhar a classificação a mais uma final de Libertadores.

Bem disse nosso já beatificado Rafael que hoje é outra coisa. Hoje nós vamos vencer porque temos vontade de vencer hoje e não porque ficamos olhando o que já aconteceu no passado, mesmo que seja um passado tão recente.

A gana desse time está renovada. O descanso no final de semana foi muito bem vindo e os reservas não fizeram feio ante a um Internacional praticamente completo. Então, esperamos ver hoje um time com mais gás, menos estressado. Acho que muito dos gols perdidos nos últimos jogos vem dessa coisa de não ter descanso. Acredito em muitos gols do Santos hoje.

Infelizmente, hoje não estarei no Pacaembu. É missa de 7º dia de meu amado pai. Meu pai lutou contra um câncer durante um ano. Foi um guerreiro. Nunca desistiu da vida. Meu pai foi quem me ensinou a paixão pelo certo, pelo saber e também pelo Santos. Aprendi muito com esse grande homem, que deixou tanta coisa boa. Onde ele está, está feliz com o nosso time também e iluminando a todos da nossa família e nossos amigos. Te amo, Pai!!!

#PracimadelesSantos

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Onze contra Once - A volta

Para ser campeão tem que pensar grande e é assim que o Santos pensa. Bi-campeão paulista! Esse post vem para comemorar o título sobre o rival e fazer mais uma prévia do jogo do dia.

Quando o Santos foi jogar lá contra o América, disse que estava motivado, pois tinha acabado de eliminar um grande rival no Paulista. Vitória chama vitória! É assim que funciona. O Santos manteve foco nas duas competições e levou o Paulistão já e se mantém na Libertadores. Já o time do Morumbi, além de ficar de fora do Paulistão, acabou sucumbindo na Copa do Brasil.

Quando um time quer ser campeão, tem que querer ser campeão de tudo. Ser campeão só da metade dos títulos que joga é um erro. Explico: os jogadores nunca relaxam se você sempre entra para vencer, agora se entra sem obrigação em algum jogo, ele pode se condicionar a não dar o máximo e falhar justo no jogo que for importante.

Quer dizer que ser campeão de tudo é a solução para vencer tudo? Não. Mas é o caminho. E foi o caminho vitorioso que o Santos fez até o Bi-Campeonato Paulista! O Santos é o time mais vezes Bi-Campeão do torneio. E o título agora veio contra um grande rival. Se ano passado, na Copa do Brasil, o time já tinha atingido a maioridade, agora, já pegou seu diploma de nível superior e não deixa mais dúvida em relação a qualidade de seus jogadores. Quem ainda contesta o quão craque é o Neymar é ruim da cabeça e nunca teve uma bola no pé.

E é no clima de vitória, cansado, mas mais do que nunca motivado, que #Hojetem em um Pacaembu todo de branco novamente. Estará lindo, lindo, lindo, para receber nossos campeões, nossos Bi-Campeões! Que agora miram a América. Agora é o topo. Agora é mirar a coroação de uma geração sencional, de um time que é Santástico.

Vencemos o bom time do Once lá, mas não dá para achar que é jogo ganho. Essa vitória marcando só um gol lá fora só dá a vantagem de empate mesmo. E se a vantagem é empatar, é quase não ter vantagem. Então, é hora de deixar o cansaço de lado, se motivar com a chance de levantar o segundo caneco, para não ser surpreendido por este bom time colombiano de ataque rápido. O Pacaembu será o foco da corrente pra frente! Mas os santistas em toda parte tem que empurrar o time a mais essa vitória.

E vai aqui o vídeo do ataque avassalador do Campeonato Paulista. Mais uma vez, o melhor! Que ele lembre que, apesar de ter uma boa defesa, o caminho do Santos sempre será fazendo muitos gols. E até o Arouca desencantou para essa realidade e fez seu merecidíssimo gol na final contra o Caim-Irmão da Marginal. Gol profético, gol do Monstro da Vila!



#PracimadelesSantos

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Once contra Onze - A ida

#Hojetem, nação santista! E será em Manizales, Colômbia, contra o sempre surpreendente Once Caldas. Assim como foi contra o América, o Santos tem nova oportunidade de revanche contra um adversário na Libertadores. Em 2004, o time colombiano foi campeão da torneio nos eliminando nas quartas de finais.

E para variar, antes de jogo decisivo para o Santos na Libertadores, temos que ler novamente sobre especulações da ida de nosso Maestro ao Caim-irmão da Marginal. Eu fico só impressionado com o timing de determinados setores da imprensa em só soltar essas "pérolas" justo nesses momentos onde o time está concentrado. E depois vem com notinha falando que não tem intenção nenhuma além de informar. Ética para que mesmo, não é? O importante é vender.

Então, apesar de ser o único time do Brasil na Libertadores, o único grande time do Brasil com maiores chances de levar os dois torneios que está jogando, vamos ter que esquecer o extra-campo, pois estão tentando tumultuar. E vamos novamente fazer nossa corrente pra frente e mandar nossas boas vibrações para Manizales, contra tudo e todos como sempre. E dessa vez a energia terá que ser forte, pois a Globo finalmente passará o jogo do Santos, ou seja, muitos secadores estarão de plantão.

O time do Once está em uma crise financeira, os jogadores não recebem há três meses. Mas se pensarmos no que aconteceu em Sete Lagoas, na cucaiada do Cruzeiro, não dá para achar que isso dará alguma vantagem ao Peixe. Até pode ser desvantagem, pois os jogadores do Once Caldas sabem que se vencerem, talvez o dinheiro venha mais fácil.

E o Santos vai desfalcado de Ganso e Arouca, peças fundamentais em qualquer time do mundo hoje, até no Barça eles fariam falta. Só que são nesses momentos que podemos provar que temos um grupo forte. Temos hoje, fácil, o melhor jogador em atividade na América. Além disso, temos três jogadores jovens que conquistaram, junto ao melhor da América, o título sulamericano sub-20 de seleções, no início deste ano. Ou seja, temos talento com até uma certa experiência. E são neles que o Santos depositará boa parte de suas fichas.

Se o Danilo voltar a suas boas apresentações, o meio campo está conciso, marcando bem e saindo para o jogo. Alex Sandro deve começar no banco, mas pode entrar e ajudar na armação pela esquerda. Ele é ótimo jogador e sempre substitui o Léo muito bem. Alan Patrick entrou bem no início do segundo tempo contra o Corinthians, precisa ser mais constante e hoje será sua grande chance de ganhar destaque com o Manto Sagrado. E do Neymar nem precisa falar, né?! O moleque joga muito!!!

E independente de qualquer coisa que especulem ou tentem tumultuar, é em campo que o futebol se resolve. Tomara que um dia as pessoas entendam isso. O Santos deu mostras disso até agora espantando as tentativas de se plantar uma crise na Vila. Essa molecada mais Elano inspirado, São Rafael iluminado, Jonathan e Léo aguerridos, Dracena e Durval entrosados e um Adriano focado são osso duro de roer. Por isso creio em mais uma vitória em Manizales.

#PracimadelesSantos

quinta-feira, 5 de maio de 2011

A explicação: Futebol, só isso...

Parem as máquinas! Ninguém, absolutamente ninguém, nem mesmo o mais pessimista (alguns diriam otimista), apostaria nos resultados da noite de ontem, onde os quatro brasileiros, grandes favoritos ao título da Libertadores, foram eliminados, praticamente enxotados! E eu tinha que escrever sobre isso, pois muitos agora tentarão falar de bruxas, destino, mapas astrológicos. Muitos tentarão explicar aquilo que é inexplicável!

Mas para mim, o que aconteceu ontem foi o que mais é legal no futebol, a ilógica, o imponderável! Se há um motivo para o futebol ser o esporte mais amado no mundo é o fado de ele não ter nenhuma relação com a previsibilidade, de ele ser talvez o mais injusto do esportes, pois nem sempre quem joga melhor vence. E quando estamos em uma competição eliminatória, o famigerado mata-mata, a potencialidade de tudo sair daquilo que era esperado aumenta exponencialmente.

Sendo assim, eu não entendo porque as pessoas ainda se surpreendem tanto com o futebol. Pior! Tentarão explicar mil coisas sobre tudo que sair daquilo que for compreensível para suas caixolas. Eu prefiro apenas curtir tudo isso, pois para mim é isso que é a chave de tudo.

E fora as bolas foras, os falastrões. Imaginem, o Grêmio tinha uma missão dificílima, mesmo assim anunciavam de vento e poupa o Gre-Nal do século, o clássico gaúcho na Libertadores. O Cruzeiro, tido por muitos como o melhor time de 2011 no Brasil, simplesmente andou em campo esperando o árbitro apitar para começar a se preparar para pegar o Santos. Ontem mesmo, eu apontei esse placar. Ainda bem que coloquei um provavelmente na frase para não ficar feio! O Fluminense também andou em campo para esperar o tempo passar e deu no que deu, após a belíssima vitória que conseguiu no Engenhão, onde foi chamado de guerreiro e de que só joga quando é ameaçado.

Não é que o futebol não tem nada provável, mas o improvável é o que sempre está para acontecer. Os times brasileiros, teoricamente, eram superiores, mas futebol não é feito no papel e em campo é preciso se doar. Aliás, venho alertando isso e escrevi sobre isso no primeiro jogo do Santos contra o América. Sendo assim, é preciso ligar o alerta para não cometer os mesmos erros, nunca entrar no clima de já ganhou.

Agora os 4 times não mudaram simplesmente do dia para noite de grandes times em catados de pernas de pau. É que no futebol é assim mesmo.

A gente ainda acha que ele caminha para um dia ser algo mais próximo de uma ciência exata, mas para nossa sorte, coisas como essa de quarta acontecem. E vejam, na tarde de ontem mesmo, o Manchester meteu 4 a 1 no Shalke 04, comprovando todo o favoritismo que lhe era atribuído. O que vai se fazer? Futebol simplesmente acontece e não tem como prever.

E o Santos com isso?

Tirando a questão de jamais entrar no oba-oba, o Santos não ganha nada com isso que aconteceu. Aliás, se brincar até perde um pouco. Se o Cruzeiro tivesse se classificado, o Santos faria na semana que vem o jogo de ida na Vila, ou seja, sem ter que se desgastar com viagem. Agora tem viagem e jogo na altitude, bem entre as finais do Paulistão.

E não dá nem para dizer que pelo menos vamos ter a vantagem de jogar contra um time fácil, para quem não lembra, foi esse o time que eliminou o Santos da Libertadores de 2004 e, queiramos ou não, acabou de eliminar, fora de casa, o bom time do Cruzeiro. Então, não haverá moleza! (Ainda sim, devo confessar que eliminação de Cruzeiro me muito deixou feliz, pois comprovou minha tese sobre o Cuca. E mais, ontem o Cuca mostrou que é covarde, além de zicado, ao dar uma cotovelada em Rentería e ainda dizer que não fez nada.)

E fica a dica para Muricy, depois de se classificar com o Santos, fazendo um jogo dificílimo contra o América, ontem os 4 últimos algozes dele caíram na Libertadores, na seqüência: Inter, Grêmio, Fluminense e Cruzeiro. Os quatro bateram o técnico, quando este ainda estava no Morumbi. Sendo assim, podemos achar que agora vai, né Muricy?

Por fim

Queria só fazer rápido comentário sobre o que é o futebol também. Se a imprevisibilidade é tempero fundamental, a alegria nas comemorações de gol é indispensável. Ontem, Alecsandro marcou um gol pelo Vasco, contra o Atlético-PR, em plena Arena, e saiu comemorando fazendo uma careta tal qual fazia seu pai Lela, jogador do Coxa na década de 80. O centroavante do time da Colina tomou um amarelo por isso. Ou seja, comemorar já não pode mais! Triste caminho para o futebol. Por isso aplaudo a iniciativa da Nextel junto com o Neymar de promover o primeiro campeonato de comemorações, para premiarmos o bom humor e a alegria, dando um chega para lá nos ranzinzas e hipócritas.


quarta-feira, 4 de maio de 2011

O Guarda-redes

Não tinha como começar o dia hoje e não vir aqui agradecer ao Grande Goleiro Rafael. Ontem, ele fechou muito o gol. Ontem, tal qual um vigilante, não permitiu que nada escapasse de seu controle, de sua vista. Esta defesa acima foi a mais bonita dele ontem.

E isso é para ver se os críticos ficam mais pianinho para falar dos goleiros do Peixe. Não estou dizendo que os goleiros que temos a nossa disposição são os melhores de todos os tempos, mas não devem nada à grande maioria que está atuando. O Rafael é muito bom goleiro e não sei porque ainda é tão perseguido pela imprensa e uma parte da torcida. A partida dele ontem, sendo disparado o melhor em campo, sendo o principal jogador para nossa classificação, é para calar de vez todos esses que não sabem o que falam. Ontem, ele iniciou a sua beatificação.

Arrebentado

Ontem o time do Santos não jogou bem, Muricy vendo isso recuou o time todo, até porque não tinha muita opção e contou com a grande inspiração do Rafael. Mas Neymar, Ganso, Danilo, Arouca... ninguém ontem jogou bem. O Léo foi o que mais se destacou na linha, ainda sim não foi um primor. Agora, mesmo com todo mundo mal, sem ter opção de banco, não dá para ter mais a possibilidade de Possebon em campo. Entrasse o Pará, mas esse cara tem que ser expulso do Santos.

E o cidadão aí só entrou porque o monstro Arouca saiu sentindo um contusão. Provavelmente estará fora da primeira partida final contra o Corinthians, no Pacaembu. Além do bom acerto tático desde que chegou, o Muricy contou com o retorno dele aos gramados para acertar de vez o sistema defensivo. Não tê-lo será um problemão. Mas esse é preço que se paga por calendários tão mal feitos. Eu não sei porque a Libertadores tem que ser jogada em um semestre só. O Santos jogou no sábado, só conseguiu chegar na segunda e teve que jogar ontem de qualquer jeito. O próprio América jogou no domingo, ontem e quinta entra em campo de novo, desta vez pelo octagonal mexicano. É loucura! Pois quem perde com isso é a própria competição que tem menos atrativos com tanto time desgastado.

Enfim, não está nada mole a vida do Peixe. Os quatro próximos jogos serão pedreira de novo: a final do Paulista contra o Corinthians e quartas da Libertadores contra o Cruzeiro, provavelmente. Só clássico! E não vem com papo que não tem que jogar a sério o Paulista. A final será contra um grande rival e com cara de revanche, por conta do que se passou em 2009, não tem como ser diferente. Assim como o Santos fez certo em jogar completo contra o São Paulo, entrará com o que tiver de melhor no domingo.

Se o Santos não jogasse completo contra o São Paulo, perdesse e ontem fosse eliminado da Libertadores, os mesmos que acham que o Santos deveria priorizar, diriam que agora o time está de férias antecipada porque não teve gana de vencer tudo. E eu acho que o time tem que vencer tudo o que estiver jogando. O que de melhor estiver no elenco, tem que ir a campo. Agora, se o jogador estiver para estourar, é normal preservar. Senão, tem que ir para a guerra.

E será guerra de nervos no domingo. O Corinthians jogará para salvar o semestre e o centenário, está descansado e só terá de desfalque o Alessandro. O Santos ainda não tem como saber quem vai entrar em campo, espero que todos possam estar bem e até porque quarta teremos o Cruzeiro. O favoritismo para domingo é do time que quer todos os nossos jogadores (é impressionante, já estão dizendo que o Ganso já até assinou com os caras), mas o Peixe tem condições, apesar das adversidades, de conseguir uma boa vitória e levar um bom resultado para a Vila.

#VaiSantos

terça-feira, 3 de maio de 2011

Apoio em qualquer horário

Sábado passado, o Santos mostrou como misturar consistência tática com futebol ofensivo. Em pleno Morumbi, para o maior público do estádio neste ano, o Santos suportou a pressão inicial do São Paulo e impôs seu ritmo e futebol no segundo tempo. Mais uma vez eliminamos o São Paulo em uma semi-final e desde 2005, tirando apenas 2008, estamos disputando novamente o título paulista, que não é o maior título do mundo, mas dá moral para uma boa temporada.

E é com moral elevada que #Hojetem contra o América, "em" México. A diretoria tinha tentado um vôo fretado ao país do Chaves, mas por razões de disponibilidade e boa vontade das companhias aéreas não foi possível. Então, de vôo de carreira seguiu o Peixe, demorou a chegar, pois as condições climática não permitiram o pouso imediato ao chegarem à Cidade do México. Depois ainda teve que pegar 220 km de ônibus até Querétaro, pois o jogo não será no tradicional Azteca por conta de um show do U2. Apesar de viajar tanto, o Santos pode ter uma vantagem de jogar fora da altitude, ainda sim, só dá para citar isso para não ficar reclamando de tudo.

Outro problema para o jogo será a ausência de Elano, várias decisões cobram seu preço. Mas como citei lá em cima, o Santos chega com moral elevada. Apesar da viagem e da baixa de nosso camisa 8, o Santos vem de um jogo onde eliminou um grande rival. Antes, o Santos passou da primeira fase da Libertadores quando a maioria já o dava como eliminado. O Muricy deu padrão tático ao time, elevou a confiança dos jogadores. Uma coisa que reparava era a queda de rendimento do time no segundo tempo e o Muricy mudou isso, e sábado foi a prova. Aliás, sábado Ganso e Neymar fizeram o que há muito não faziam, os dois jogarem bem uma partida. A dupla dinâmica está quase 100% de novo!

Então, precisamos outra vez formar a corrente pra frente. Hoje às quinze para onze da noite, santistas de todas as partes do Brasil, e do Mundo, estarão ligados em uma só sintonia para empurrar, mesmo de tão longe, nosso Peixe a mais uma vitória e conseqüentemente a próxima fase da Libertadores.

Hoje só isso importa e como o jogo é tão tarde, o dia demorará uma eternidade para passar!!! Mas o fato é que estaremos sempre onde e a qualquer horário prontos para apoiar o Santástico de Vila Belmiro.

#PracimadelesSantos