quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Nascidos para jogar no Santos

Saudações alvinegras praianas e campeãs!!! E muito campeãs!!!

Deu a lógica, deu o time que jogou mais, mesmo num Barrão ou Barradão, como queiram. O Santos é o novo campeão! Salve, Salve o nosso Campeão!!!

Ontem foi, como havia postado, um dia histórico. Ontem foi o dia em que os Meninos da Vila viraram homens, ganharam um título nacional, um título onde enfrentaram adversários difíceis e que são preocupação para qualquer equipe da série A. Ontem, os nossos Meninos mostraram que possuem a maturidade para serem Copeiros. Se demos banho na parte de pontos corridos do Paulistão, mostramos também que sabemos jogar com regulamento embaixo do braço, para o gasto e o possível de acordo com a situação.

E foi assim, foi nesse espírito que o Santos entrou ontem em campo com um objetivo bastante simples: fazer um gol no Vitória. E fez. O Vitória claramente teve outra postura do que a adotada na Vila, uma semana atrás, foi para cima, arriscou mais ataques. Por outro lado, se ofereceu ao contra-ataque mortal santista. A defesa do Vitória era uma baba, mas o Santos não conseguiu se desvencilhar da poderosa marcação do péssimo gramado do Barradão, esse sim fez toda diferença para que o time da Bahia não levasse um sacode.

A defesa no primeiro tempo foi perfeita, antecipou tudo. E quando não foi prudente, contou com um fantástico Rafael, o garoto garantiu o título em uma saída para defender o chute do Schwenck. Ali era um a zero claro para o time da Bahia, mas o Rafael foi bem demais. O ataque sofreu muito para jogar, o melhor em campo novamente foi o Ganso, pois era o mais lúcido e entendia a melhor forma de tocar a bola em um gramado tão ruim. Continuo achando que a CBF não poderia permitir que um clube de série A tenha um gramado tão ruim. É ridículo!

Mas mesmo assim, o Santos conseguiu com o Neymar aquela falta que parece um escanteio de calças curtas bem no final do primeiro tempo. O próprio camisa 11 foi para a cobrança e jogou a primeira tentativa de cruzamento na barreira, na volta ele colocou na cabeça de Dracena, que subiu livre e cabeceou para o fundo da rede. Gol do título! Mesmo ainda sendo no primeiro tempo, a questão é que com esse gol o Vitória teria que fazer quatro e não tomar mais nenhum.

Na volta do segundo tempo, o Vitória veio para cima, mas deu novas brechas. Robinho, Ganso e Marquinhos perderam gols incríveis. O chute do Ganso parou em uma defesa monumental do Viafara. O Santos tomou dois gols, mas como o tempo era pouco, o Vitória se acomodou, o Santos tocou a bola, foi copeiro, recebeu faltas, jogou como joga um time experiente, mesmo tendo uma média de idade baixa.


O apito final de Simon, que para minha alegria foi bem, botou definitivamente estes jogadores e o time como um todo na história dos melhores do esporte. Então, parabéns a cada um. Primeiramente a diretoria, que foi cirúrgica na contratação do Dorival. Depois foi lá buscou Robinho, Marquinhos, Arouca. Foi sensacional cada contratação, a forma de tratar os contratos vigentes. Perdeu o André? Mas tem agora em definitivo o Arouca. Infelizmente nem tudo é um mar de rosas. A comunicação do clube com o torcedor e o sócio melhorou demais. O site, o Twitter, o canal no You Tube, o álbum on-line, as ações de marketing, tudo melhorou demais. Estou satisfeitíssimo e toda torcida tem que estar. Nem oito meses de trabalho e já dois títulos, é muito bom! Fora o título recente na Copa de Juniores e o vice na Copa São Paulo! Está pé quente demais!

Outro que merece ser muito reverenciado é o Dorival. Particularmente, e me perdoem por me repetir, mas eu já queria há muito tempo esse técnico no Santos. É muito bom. E chega desse blá-blá-blá de que ele não tem comando. É ridículo. Bom! Muito bom! Às vezes eu também discordo de algumas substituições, mas num geral arma bem a equipe, extrai o melhor dela. Ele acabou com uma seca na Vila de mais de 30 anos sem ganharmos dois título no mesmo ano e a Luxa-dependência que o Teixeira instaurou. Dorival, você é o cara e que você tenha vida longa no Santos! Seja o novo Lula!

Felipe e Rafael, apesar de falarem que vocês são ruins, que não possuem experiência para atuar com a 1 do Peixe, eu acredito em vocês. O potencial é fantástico, é só relaxar. Tomara que a diretoria não invente nada! A base do Santos é vencedora e todas posições devem ser aproveitadas.

Durval, Dracena e Brunos foram bem demais também. A defesa num todo do Santos é criticada, mas isso porque a gente convive com uma crítica esportiva imbecil! Uma inteligência fraca saca que o time sofre gols pela sua volúpia ofensiva. É o lógico. Pará, Léo, Alex Sandro, jogaram demais também. Aliás, Alex Sandro foi muito bem ontem. Não é fácil substituir o Léo e o moleque arrebentou. Marcou muito e ainda apoiou nos contra-ataques. O Maranhão foi pouco usado, mas precisa melhorar. Ainda é muito instável.

Agora chegamos no melhor desse time, o meio campo e o ataque. Caramba! Que time é esse? Confunde-se um setor com o outro. Primeiro volante Arouca é a cara da ofensividade santista. Como joga o Arouca, preciso nos desarmes e toca demais a bola. Aí vem o Wesley, um gigante, apesar de não ter feito tão boas partidas ultimamente. Mas é o cara que muitas vezes desafoga as marcações pesadas feitas no Ganso e Neymar. Tem também o Rodriguinho que joga demais, se o Wesley sair mesmo, já tem substituto de mesmo quilate. Marquinhos também é genial! Como joga o cara, é um Ganso com menos marketing. Hehehehehe... Que beleza. Mas bate falta como ninguém e dá uns passes, que vou te falar! Ontem, o gol que o Ganso perdeu, foi numa bola milimétrica dada por Marquinhos.

E aí vem a frente, o pelotão! André, Neymar, Ganso e Robinho: Quarteto Santástico! André vai embora, mas fez seu nome. Vai ganhar dinheiro, menino, você está certo. Robinho também irá pelo visto, mas há uma chance de ficar. E ele tem que ficar, ele é a cara do Santos, é estar lá que ele vira um dos melhores do mundo. Seria fantástica sua permanência, aguardemos novos capítulos desse episódio. Neymar e Ganso, a dupla dinâmica. Ontem o Ney estava apagado, mas mesmo assim saiu dele o passe para o gol. O Ganso é genial, um jogador como há muito não se via no futebol, que classe, que calma, principalmente pensando que é tão jovem. É Santástico!

E os décimos segundos jogadores, os nossos reservas que mostram o poder do elenco, Madson, Zé Eduardo, até o Marcel! Breitner e Alan Patrick que são também dessa geração de Meninos da Vila e daqui a pouco brilharão tanto quanto. É muita gente boa de bola. Futebol para frente, futebol moleque, irreverente! Futebol para dar inveja e como dá inveja esse time do Santos.

Já estão falando que agora querem ver se vai ser isso tudo na Libertadores, e que não sei o que, que é um time de arrogantes. Que coisa chata. Esse Santos não é para fanáticos de outros times mesmo, é um Santos apenas para Santistas e amantes do bom futebol. E esse é um time de jogadores nascidos para brilhar no Santos e o Robinho é figura que mais simboliza isso. A realidade incomoda e para toda crise gerada por alguns eu faço meu pedido: Aham Aham põe na twitcam! Aham Aham põe na twitcam! Aham Aham põe na twitcam!


Um Santos para santistas e de jogadores nascidos para jogar no Santos! Esse é o time que está arrebentado esse ano e dá para ser tudo nosso. Ah... Canta, Santos! Como você é lindo, Santos!!! Canta, Santos meu amor!!!

E termino com todos os gols desse time que hoje é indiscutivelmente o melhor do Brasil!

E agora é tríplice coroa! Vai, Santos!!! Pra cima deles!!!

2 comentários:

Ricardo Novais disse...

André,

Faz tempo que não passo por aqui, rapaz; é culpa de minha preguiça.

Incrível esta crônica! Santos para santistas mesmo.

Saudações alvinegras... praianas, claro!

Um abraço.

Rodrigo Rocha disse...

André passei para conhecer seu blog ele é not°10, espetacular com excelente conteúdo você um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus
caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom