quarta-feira, 14 de abril de 2010

Vergonha em bolinhas


Se as coisas eram tão claras como água, não dá para entender porque motivo demorou tanto para sair a tal Taça das Bolinhas para o São Paulo. Não dá para entender, uma vez que a CBF deixou a tal taça em stand by depois de 92 esperando mais um título de Brasileirão do Flamengo, que acabou só vindo agora em 2009 e sabe-se lá como é que isso foi parar na Gávea.

A CBF, que não gosta de dar o braço a torcer, mas ama o Mengão, não acreditou que ninguém chegasse a um pentacampeonato ou um tri consecutivo antes do Flamengo conseguir mais um título. Então, trancou a Taça das Bolinhas na Caixa Econômica Federal para um dia entregar o mimo a seu time de coração. Mas o time do São Paulo acabou com as pretensões da CBF em 2007. Para quem não sabe, essa taça é a antiga taça dos Brasileirões e ficaria em definitivo com o clube que vencesse três vezes em seguida o Brasileirão ou cinco vezes sem a necessidade de ser em seqüência.

Enfim, a briga aconteceu porque em 1987 o Clube dos 13 organizou, por assim dizer, a primeira divisão do futebol nacional. Só que para a CBF, o campeão desse campeonato organizado pelos clubes grandes do Brasil daria acesso ao verdadeiro Brasileirão que seria disputado em semi e final contra o campeão de outro módulo organizado pela própria CBF.

O Mengo foi o campeão reconhecido pelo Clube dos 13, mas a CBF não reconheceu. E o Sport foi consagrado campeão de 87 e em 94 por decisão do Tribunal Federal. Contando esse não-título de 87, o Flamengo tornou-se penta em 92 e aí a CBF guardou a Taça das Bolinhas para evitar celeuma. Só que com o penta do São Paulo e o título agora de 2009 para o Flamengo, a CBF tinha que decidir para quem ir a famigerada.

Coerentemente e contrariando as expectativas, a CBF entrega só agora a taça ao São Paulo, mesmo com toda conturbação política de Morumbi-2014 e eleição do Clube dos 13. E agora vamos ver quem são os grandes palhaços desse circo que foi criado. Alguns eu já sei quem são, são os campeões brasileiros de 59 a 70. Sim. Esses já ganharam por antecipação o título de palhaços, pois com a não admissão por parte da CBF da legitimidade do título de 87 para o Flamengo, mais difícil ainda ficou o reconhecimento dos campeonatos anteriores a 71.

Mas ainda falta ver quem é o São Paulo nisso tudo aí. Porque com a recente eleição do Clube dos 13, o São Paulo assumiu posição contrária a CBF e favorável a uma independência maior dos clubes. A questão é que o Clube dos 13 reconhece o título do Flamengo e inclusive foi assinado documento disso por seus membros, o São Paulo é um dos que reconhece o título do time da Gávea. Então, fica a pergunta: será que o São Paulo vai ser tão coerente e surpreendente quanto a CBF e entregará a Taça das Bolinhas ao Flamengo?

Nenhum comentário: