segunda-feira, 26 de abril de 2010

Vendo a vantagem na derrota

Santos e Guarani foi simplesmente para cumprir tabela. O Santos foi com reservas imediatos para o jogo. Só Felipe era titular absoluto em campo.

O jogo foi bom, bons lances, o Guarani precisava dar uma resposta à sonora goleada sofrida na semana passada e o Santos tinha a chance de testar os jogadores que não vinham atuando. Perdemos de 3 a 2 e, para mim, as lições a serem observadas são as seguintes:

1 - Marcel não tem condição, perdeu um gol depois de um passe açucarado do Messias.
2 - Alex Sandro tem que entender é apenas Alex Sandro e jogar no Santos não torna ninguém craque, mas o trabalho e a seriedade podem ajudar bastante.
3 - Rodriguinho também não disse a que veio.
4 - O Santos não pode jogar com mais de dois volantes e um dos volantes tem que sair bastante para o jogo.
5 - Perder nunca é bom. Mas pelo menos acaba com essa coisa de invencibilidade, de tantos jogos sem perder. Agora perdemos e tira esse 'peso' para podermos pegar uma série de jogos decisivos.
6 - É um pecado o Breitiner ficar fora do banco do Santos. O garoto joga demais, mas eu entendo que é difícil o Dorival conciliar tudo isso. A FIFA precisa rever as regras.
7 - G10 é G10, é craque, é gênio e é sempre um prazer poder vê-lo jogar. Deu dois passes para gol, um para Madson e outro para o Marcel, que fizeram a heresia de perder. Mas assistir ao Messias é uma aula para aqueles que querem aprender a jogar bola.

Bom... é isso! Vamos ao comentário do jogo de ontem.

Nenhum comentário: