segunda-feira, 22 de março de 2010

Weekend Deluxe

Aquele alô para todos que gostam do bom futebol, um futebol alegre, um futebol ofensivo. Um alô para aqueles que entendem que o futebol é uma arte, é um jogo e que o momento máximo é o gol. O Santos faz todos reentenderem o futebol, o Santos e o Barcelona, hoje, são os times que fazem pensar que é possível ganhar jogos jogando bola e não só retrancando times e dando bota.

Cada coisa eu tenho lido por aí, que esse time tremeu contra o Palmeiras, quase tomou empate do Corinthians por irresponsabilidade. Cada coisa que eu não quero nem comentar. Prefiro olhar só para o Santos, prefiro entender que o esquema é bom, que a maioria dos gols tomados são de bola parada, o que acaba com o argumento que o esquema ofensivo é o problema. Prefiro ver que, mesmo sem dois jogadores que fazem enorme falta em qualquer time, o Santos mantém um padrão de jogo, uma idéia do que é esse jogo com as bolas nos pés. E essa idéia é de fazer gols.

O Santos meteu 9 a 1 no Ituano. E o mais legal foi ver o Dorival trocando lateral por atacante. É um time que já está na história! Não me venham com esse papo que se não vierem títulos, tudo isso não valerá de nada. E tem santista ilustre dizendo isso, o que é uma verdadeira bobagem. Tudo isso que está sendo feito já vale muito. Tem torcedores de outros times, principalmente os mais velhos, que estão com um sentimento de estar recuperando algo que já não esperavam mais rever. E isso é muito bacana.

O torcedor do Santos, também já está no lucro. Eu mesmo, na postagem inicial desse ano, coloquei que achava muito difícil vir algum título. O que eu esperava, sinceramente e ainda espero, era uma vaga para Libertadores, um bom futebol e uma direção mais transparente e responsável. Acho que por ora estou sendo atendido em minhas expectativas. Então não me venham com essa coisa que se não vier o título, esse futebol não valeu de nada.

E claro que devemos tudo isso a nossos jogadores, jogadores, quase todos formados na base, mas a quem mais devemos tudo isso é ao Dorival. André, sensacional; Madson, expetacular; Ganso é um monstro sagrado já; mas o Dorival é quem mais merece créditos. Eu ainda desacredito de ter visto um time estar vencendo de 5 a 1 e um técnico, nos dias de hoje, trocar lateral por atacante, volante por atacante. Ele tirou o Dracena (aliás, Dracena que precisa descansar um pouco, está mal) para colocar o Brun, que quase ainda fez um golaço. Que impressionante. Só posso dizer uma coisa, estou feliz com tudo que tenho visto.

Estou feliz até com a derrota que tivemos nesse final de semana. O Santos perdeu por 3 a 1 para o Red Bull na estréia da Arena Red Bull nos EUA. O Santos embolsou nessa brincadeira, nada mais nada menos que 400 mil dólares para mandar um time B. Não tenho do que reclamar. De fato, foi um final de semana de luxo para o Peixe.

Nenhum comentário: