quinta-feira, 4 de junho de 2009

É nóis na final da Copa do Brasil

Pois é, meus caros, é nóis na final da Copa do Brasil! Jogando um futebol que deu pro gasto, O Timão consegui conter o ímpeto do esforçado vasquinho e ir mais uma vez pra final, a ser disputada com as coloridas.

Pela primeira vem em muito tempo pude ver o Corinthians saber jogar com a vantagem (maturidade do elenco?). Eliminamos o fluminense graças a vantagem, mas foi um baita sufoco desnecessário. Hoje a coisa foi bem diferente. Tomamos um sufoco sim, no começo do segundo tempo (ainda bem que o Nilton lembrou da infância no terrão e perdeu uma cabeçada incrível). Mas a defesa sempre foi segura: o William, que às vezes dá umas vaciladas, foi bem na cobertura; Alessandro, o guerreiro, mais uma vez comeu a bola e o Chicão foi o Chicão de sempre. Diego na lateral-esquerda não comprometeu, mas eu preferiria o Bruno Bertucci.

No meio, Douglas decidiu jogar enquanto a nossa dupla de volantes ficou meio apagada, Elias principalmente.

Dentinho ajudou mais na defesa do que de costume (um bom sinal) deu um rolinho, um chapéu e soltou uma bomba do bico da área: merecia até ter feito um gol. Jorge Henrique também, embora eu ache que essa contusão anda meio que demorando demais para sarar. Tslvez ele pudesse ter sido poupado hoje e o Otacília Neto ganhado a vaga de titular.

Ronaldo atuou como um atacante mediano. Até perdeu um gol que o meu cachorro faria. Esquecendo que não tem mais aquela arrancada que o tornava capaz de driblar cinco e bater pro gol, saiu muitas vezes da área. Ele tem de se tocar que é a referência. Se ele sai pra buscar jogo, quem vai finalizar as jogadas?

Soubemos nos impor e não perder a calma. E o mais importante: saímos com a vaga na final!

Vai, Corinthians!

Um comentário:

André Henriques disse...

Hummmm... pois é... eu não gostei do jogo apresentado pelo Corinthians, não. Achei muito pelo contrário, quer dizer, vi só até metade do segundo tempo, pois depois dormi, tava russo e tava frio. Achei muitas vezes o Corinthians meio afobado frente ao fraquíssimo Vasco e perdeu a chance de se classificar com tranqüilidade. Achei que o Douglas sentiu demais a passagem do André Santos e o Ronaldo estava péssimo, além de rotundo novamente.

Agora é prova de fogo para os dois finalistas. Inter tem um baita elenco, mas um técnico duvidoso. O Corinthians tem uma mescla interessante de elenco e técnico.

Vamos ver! E a final será em Inter!