domingo, 31 de maio de 2009

Santos 3 x 1 Timão na ótica de um corinthiano

Então que estou estreiando com derrota aqui no Bolapromato9. Enfim, paciência. Estava mais do que cantado o resultado do jogo de hoje. Entrar com um time de reservas pra disputar um clássico só podia dar nisso. E o que dizer então?

Era de esperar que os jogadores estivesses meio perdidos em campo, por causa da falta do ritmo de jogo (caso do Júlio César), pela inexperiência mesmo e pela falta de entrosamento. No entanto, acho que o principal problema do time foi a falta de qualidade do banco mesmo. A equipe até correu e me pareceu até desejosa de cumprir as ordens do Mano. Faltou técnica mesmo. Passes de dois metros saindo errados, bolas rifadas na área adversária simplesmente porque os jogadores não sabiam o que fazer com ela, bolas dadas de bandeja para a defesa santista e mais um monte de coisas erradas. O nosso gol foi puramente cagada. Se o Corinthians quiser ter alguma chance de ser campeão brasileiro precisa urgentemente reformular o banco de reservas. Campeonato longo depende muito de um elenco todo regular.

O Morais pode ir embora (aliás, não sei porque o Mário Gobbi insiste em dizer que vamos comprar o passe desse cara, que nunca mostrou qualquer futebol com a camisa do Timão); vamos pegar a grana que gastaríamos com ele e investir noutro meia, de mais qualidade.

Sobre o Souza, nem há o que falar: esse cara não deveria nem ter vindo. Quem achou que um atacante que só fez dois gols no "acirrado" campeonato grego podia jogar bem no Corinthians? Só Mano Menezes e o seu sombrio empresário Carlos Leite...

O Lulinha também já está fazendo hora no Parque São Jorge. Sempre defendi o moleque nas discussões com os amigos, dizendo que ninguém esquece como se joga, que era questão de tempo. Mas a minha paciência esgotou. Vamos logo emprestar esse cara para algum time. Emprestar porque sempre temos de pensar o seguinte: "Vai que esse merda resolve jogar bola depois de ter sido vendido?"

O Diogo é outro que também não tem cacife para jogar no Corinthians. Graças a ele, hoje, Paulo Henrique e Madson deitaram e rolaram na ala esquerda. E o Saci deve ter passado o jogo procurando a sua outra perna.

A defesa deu umas bobeadas incríveis, aí sim por falta de entrosamento. Se não fosse a falta de pontaria do KP e a gente teria perdido de bem mais. E o Júlio César falhou no primeiro gol. Vacilou e vacilou bonito. Além do mais, raramente ele encaixou uma bola. Bateu roupa pra caramba. Felipe continua intocável.

Enfim, como ganhar com esses caras em campo?

De bom, podemos dizer que Diego foi até bem. É um bom reserva. Jucilei também mostrou ser uma boa opção no meio, se pá até jogando como meia. O Bruno Bertucci pode assumir a condição de reserva do André Santos. Jogou pouco tempo, mas mostrou ter personalidade.

De resto é concentrar no jogo de quarta. Vamos decidir em casa, o que é bom. Acho que é bem possível irmos pra final.

Vai, Corinthians!

Um comentário:

André Henriques disse...

Isso aê! Estreando no módulo freguesia! hohohohohoho