domingo, 31 de maio de 2009

E antes que termine o mês...


... presto aqui uma homenagem não só ao maior piloto brasileiro (quiçá do mundo) de todos os tempos, mas a meu maior herói da infância. Acredito que esse cara foi muito importante na formação de caráter de toda uma geração e digo por mim que ele foi fundamental.

Esse mês é o de aniversário de 15 anos de sua morte e acho que quase todo mundo lembra o que fazia naquele primeiro de maio. Lembro que de costume eu estava acordado sozinho vendo a corrida e minha Mãe chegou para me dar bom dia pouco tempo depois do acidente e foi avisar ao meu Tio. Lembro que fui à casa de minha Avó e no carro de meu Pai, eu não permitia que mudasse de estação, da Jovem Pan, e logo que chegamos corri para TV para ver as últimas notícias, até a notícia que ninguém queria ver confirmada.

Sua obra fora das pistas foi revelada apenas após sua morte e aí podemos confirmar de vez o quão grande, generoso e bom era aquele brasileiro, aquele da Silva, que nos alegrava com sua raça, determinação, sua obstinação pela perfeição, domingo sim, domingo não. Áureos tempos de McLaren, tão áureos que me fazem torcer até hoje para a escuderia, da qual, para mim pelo menos, ele não deveria ter saído.

Valeu, meu grande herói!

Um comentário:

Lia Lee disse...

Roda pro mato F1 já!
Hehehehehehe!