quinta-feira, 22 de maio de 2008

Hoje é pra declarar todo o amor!

Eu vou cantar pro mundo inteiro
Que o SANTOS (que o SANTOS) é meu amor primeiro
E dale ô dale dale ô
E dale ô Dale dale SANTOS meu primeiro amor




Porque és o time da virada!

SANTOS, TIME DA VIRADA!
SANTOS, O TIME DO AMOR!
LERERE LERERE LERERE OOOOOOO



Porque dá pra levantarmos esse caneco!

VAMOS SER TRI, SANTOS!
VAMOS SER TRI, SANTOS!
VAMOS SER TRI, SANTOS!
OOOOOOOOOOOOOOOOOO




Então, pra cima, Santos! Pra cima deles!

Vai pra cima deles, SANTOS!
Vai com Determinação
Tu que és o Glorioso
Visto seu manto com Amor e Emoção


quarta-feira, 21 de maio de 2008

Comentários sobre os jogos de ontem e de hoje

Pitacos rápidos:

Botafogo e Corithians: o Mano Menezes podia ficar quieto. O Corinthians perdeu ontem porque recuou, não porque o Luxa deu a dica de como marcar a saída de bola corintiana ou porque o árbitro marcou as faltas que o Herrera sempre faz, mas ninguém nunca marca. Mesmo assim, o Corinthians se classifica semana que vem, o Botafogo é fraco.

Manchester e Chelsea: acho que dá Manchester. O jogo deverá ser duro, mas se acabar no tempo no normal, acho que o Manchester tem mais chances. Se for pras penalidades, sem favoritos. E a vitória de um time inglês da copa dos campeões, só mostra que a Inglaterra é de longe o lugar onde melhor vem sendo jogado futebol na Europa. Os outros países pararam no tempo, sobretudo a França e a Espanha.

Atlas e Boca: o Boca terá missão muito difícil, mas costuma jogar melhor fora. Esse time do Atlas vem jogando muito bem. Eu aposto na classificação do Boca, só por causa da tradição, pois futebol o Atlas tem muito mais.

Fluminense e São Paulo: apesar de não estar jogando lá grandes coisas, o São Paulo passa o carro no Fluminense hoje. Time do Rio é fanfarrão demais e num guenta o vamos ver da Libertadores, não tem jeito. O Fluminense hoje se junta ao Flamengo.

terça-feira, 20 de maio de 2008

Mentir é o pior caminho

Quando você mente, você tem que ser um bom mentiroso e conseguir levar a sério a sua própria mentira. Assim, você pelo menos consegue ser um pouco convincente. Pois não adianta, quando você tenta inventar uma história, tenta esconder algo, os indícios que aparecem pra trazer a verdade são inúmeros. E nós, quando estamos mentindo, muitas vezes não conseguimos ver esses indícios e vamos embora com nossas historinhas pra boi dormir, achando que todo mundo é otário.

É... quando a gente mente, a gente diz pro mundo: otários! Quando a gente quer enganar, tá dizendo que as pessoas possuem uma inteligência menor que a nossa. Julga o resto de burros mesmo. Achamos que somos mais espertos que todos. E uma mentira é um caminho sem volta ou quase sem volta. Pois falar que mentiu é pra poucos. Chegar e dizer a verdade, sem ser descoberto, é pra muito poucos. Quando uma raridade dessas acontece, é possível até que haja uma consideração pela pessoa que mentiu. No entanto, isso é quase improvável que ocorra. As pessoas só falam que estão escondendo algo quando são pressionadas a dizerem a verdade ou quando a mentira já não se sustenta mais. Isso quando falam! Tem gente ainda que, mesmo assim, chama os outros de louco e diz que não tá mentindo, não.

A pessoa que mente assim mente porque tem medo de algo, possui medo da verdade, medo das conseqüências que a verdade pode trazer. A verdade por vezes pode fazer com que as pessoas venham a perder algumas coisas, mas a verdade só fará com que as pessoas ganhem respeito. E isso, pelo menos pra mim, é o que vale!

Agora... perdem totalmente o respeito, pessoas como esse aí: http://www2.virgula.com.br/virgulando/interna.php?ID=53020

Tudo bem, a fonte é uma porcaria. Mas seria de se estranhar se tivesse uma notícia dele saindo com prostitutas de um motel. Certo? De boa, ele seria muito mais respeitado se falasse a verdade, ao invés de ficar aí mentindo, achando que todo mundo é tonto.

É possível!

Vamos lembrar o que essa camisa já fez!



segunda-feira, 19 de maio de 2008

Castelão de Areia



É... o Futebol ta cada vez mais de várzea...

- Campos esburacados e até com vários pontos atolados de areia.

- Times que querem mudar o regulamento durante a competição.

- Choro de time que acha que só ele deve ganhar.

- Spray de pimenta no vestiário de adversário.

- Apagões repentinos quando interessa ao mandante esfriar o jogo.

- Jogador nervosinho que num güenta levar rolinho, chapéu...

...

Pra ser de várzea completamente, só falta os bicheiros ou traficantes armados do lado do campo acompanhando o jogo, igual acontece no terrão lá do lado de casa.

Pra aquecer

Exato. O jogo desse domingo pro Santos tem que ser encarado como um aquecimento, como uma prévia daquilo que terá que acontecer na próxima quinta. Quer dizer... em partes. O Santos tem que jogar contra o América da mesma maneira que jogou o segundo tempo. Ligado, jogando pra cima, com inteligência. Viu, Lima, quando você passa a bola é muito mais provável que saia o gol.

Claro que o Santos não terá a mesma facilidade que teve contra o Ipatinga, que se lançou ao ataque. Se o Santos conseguir marcar dois gols, talvez aí o time do América saia da retranca, facilitando a nossa vida. Mas o Santos tem que jogar pressionando, pois não é impossível conseguir essa vitória. Aliás, é mais que possível essa classificação.

Ficou claro também que o Wesley ainda não pode carregar o peso da camisa titular, não está agüentando a responsa. Enfim, a boa pedida pro Santos pra quinta é: Fábio Costa, Betão, Fabão (Domingos), Marcelo, Kléber; Marcinho Guerreiro, Adriano (Trípodi), Rodrigo Souto e Molina; Kléber Pereira e Lima. A idéia de entrar com o Adriano é pra ficar encima do Cabañas. O Adriano anulou o Valdívia e o Torres, o gorducho é muito menos jogador que os dois citados. Mas se o Leão quiser só ir pra cima, pra tentar fazer de quatro gols pra cima, aí talvez valha entrar com o Trípodi pra colocar correria no ataque. O problema e que se expões muito ao contra-ataque, e se o Santos tomar um gol, tem que golear mesmo.

Agora, Kléber Pereira, faz gol na Libertadores pra fazer a homenagem a sua progenitora, seu mané! Porra! Tomar cartão amarelo no início do brasileiro de bobeira é demais. O Santos tinha que multa esse tonto. Fez o 3 gols, to contente com isso, espero que continue assim, mas não dá pra não se conformar com esse cartão.

De resto, o Santos só tem que tomar cuidado pra não entrar com a moleza do primeiro tempo contra o Ipatinga. Se entrar com aquele pique, aí amigon... aí não vai dar. Mas vai pra cima deles, Santos! Porque tu és o time da virada!

sexta-feira, 16 de maio de 2008

A conversa de Deus com Leão*

Por Odir Cunha (**)

Não sei se vocês sabem, mas o técnico Émerson Leão é devoto ao extremo. Rezou muito antes do jogo, estava otimista, mas depois da partida, quando voltou para o seu quarto de hotel, sentou-se na cama e falou com Deus.

“Senhor, por que me desamparaste? O Flamengo veio aqui e fez quatro gols, eu armei um time ofensivo e não marquei unzinho. Não entendo...”, choramingou o professor.

Deus não é de falar com qualquer um, mas achou que estava na hora de ter uma conversa mais séria com o técnico do Santos, pois o Todo Poderoso tem uma ligeira simpatia pelo Time de Vila Belmiro.

“Como lhe desamparei, meu filho?”, perguntou Deus, surgindo ao lado do frigobar e iluminando o quarto com sua luz divina.

Leão se espantou por um instante, mas como se considera também um deus, foi logo tratando de enquadrar o Pai de Todos:

“Tudo estava contra a gente hoje! Nada deu certo! Bem que o Senhor poderia ter dado uma mãozinha!”.

“Meu filho”, suspirou Deus em sua infinita paciência. “O que aconteceu na partida contra o Cúcuta, na Colômbia?”.

“Ganhamos, ué”, resmungou o técnico.

“E jogaram bem?”, insistiu Deus.

“Jogamos, foi nossa melhor partida. Por quê?”, quis saber Leão.

“Eu chego lá, meu filho, calma”, pediu Deus, e continuou: “Você se lembra o que aconteceu no jogo contra o Cúcuta na Vila Belmiro?”.

“Ganhamos também, ué, pelos mesmos 2 a 0. Mas por quê?”.

“Você se lembra do que aconteceu de extraordinário naquela partida?”.

“Gol do estreante Lima?”, arriscou o técnico.

“Não, outra coisa”, insistiu Deus.

“Ah, a expulsão do Wesley...”, sugeriu Leão.

“Sim, a expulsão do Wesley. Você acha que é normal um jogador chutar a bola no outro que já está caído fora do campo?”.

Como Leão fez cara de bobo, Deus prosseguiu:

“Eu me livre, mas fui eu quem atentei o garoto para chutar aquela bola”.

“Mas o Senhor... Quer dizer...”, gaguejou Leão.

“Sim, meu filho, eu fiz o Wesley ser expulso e dei a você, de bandeja, o time que jogou em Cúcuta e fez a melhor exibição do nosso Santos este ano. Repita comigo: Fábio Costa; Betão, Marcelo, Fabão, Kléber; Marcinho Guerreiro, Rodrigo Souto, Adriano e Molina; Lima e Kléber Pereira”.

“Mas... mas... mas...”, repetia Leão, estupefato.

“Você não desconfiou de nada quando o América venceu o Flamengo, em pleno Maracanã, por 3 a 0?”, perguntou novamente o Criador do Universo, desta vez erguendo a voz.

Como Leão ficou mudo, Deus prosseguiu:

“Sabe quem desviou aquela bola que parece ter batido na barreira?”.

“Nas mãos do... Souza?”, sussurou o pálido treinador.

“Que Souza, Souza... Essas mãos aqui, ó!”, gritou Deus, mostrando os dez dedos que fizeram o sol e as estrelas antes de jogar pro fundo do gol do Flamengo a falta cobrada por Cabañas.

“Você já ouviu falar que a voz do povo é a minha?”, perguntou Deus, impaciente.

“Sim... sim... mas”, resmungou Leão, já manso como um cordeirinho.

“E o povo não diz que em time que está ganhando não se mexe?”, trovejou Deus.

Como o treinador encolheu os ombros e ficou de joelhos, Deus diminuiu o tom de voz e colocou a mão no ombro do pobre mortal:

“Qual é o único jogador do América que poderia fazer gols no Santos, meu filho?”.

“O... o Cabanas”, tartamudeou o técnico.

“E qual é o jogador do Santos que anulou Valdívia naquele jogo contra o Palmeiras na Vila?”, sabatinou Deus.

“O Adr... Adriano”, gaguejou o professor.

“BINGO!”, trovejou o Todo Poderoso.

“Me desculpe, Senhor, me desculpe”, choramingou Leão. “Mas o Senhor viu o gol que o juiz anulou hoje?”, tentou desculpar-se.

“Juiz argentino é o demônio!”, vociferou Deus. “Mas não posso influir em todas as coisas”, explicou.

“Será que não dá para fazer só mais um milagrezinho?”, suplicou Leão.

“Pô, eu já fiz três e você ainda pede mais?!”, explodiu Deus, perdendo a paciência.

“Três?!”, espantou-se Leão. “O Senhor expulsou o Wesley e fez o América ganhar do Flamengo. E o terceiro?”.

“Tá bom!”, bufou o Senhor. “E o gol do Tripodi dando a classificação para as oitavas em cima da hora, foi o quê?”.

Sem palavras, Leão enxugou as lágrimas e com voz mais mansa que um cordeiro, tentou mais uma vez:

“Mas Senhor, na Vila todo adversário treme e perde. Não dá para mexer só uns pauzinhos para eles perderem de três?”.

“Olhe bem o que você está me pedindo, rapaz!”, indignou-se Deus. “Os jogadores do América também são meus filhos!”.

Depois de alguns segundos de silêncio sepulcral, Deus olhou bem nos olhos de Leão e, piedoso, aconselhou:

“Agora já não é mais comigo. Não posso usar a pressão infernal da Vila para favorecer o Santos. Só o ‘homem’ pode resolver, entende?”, piscou Deus, apontando discretamente para baixo.

Leão arregalou os olhos, espantado, e viu quando a Imagem Divina começou a se desfazer no espaço. Antes que ela sumisse para sempre, ainda foi possível ouvir a voz soturna que também desaparecia:

“Fale com ele. É a última esperança. Mas não diga que fui eu quem indicoouuuu...”.

(*) Retirado do Boletim do Santos F.C. - Ano 04/370 - Sexta-Feira, 16 de Maio de 2008
(**) Odir Cunha, jornalista e Escritor, sabe que quando a Vila vira um inferno, milagres acontecem.

Garfañas!

Faz tempo que eu não fico tão puto vendo um jogo de futebol. Mesmo com o Santos jogando pessimamente no início da temporada, eu não tinha ficado tão prostituto como fiquei ontem. Inicialmente, VAI TOMAR NO CU, Leão! Eu sei que o Santos não possui o elenco dos sonhos, mas o que me irrita em treinadores iguais a você e ao Luxa é a teimosia. Não vou aqui reclamar da escalação que começou o jogo, apesar de achar que o Santos deveria ter entrado no 4-4-2 com o Adriano no lugar do Lima, mas o cara tá vendo que o time não tá rendendo porcaria nenhuma naquele esquema e mesmo assim continua com ele. Vou te falar, tirando o Wesley, que saiu com câimbras (pra mim, câimbra porra nenhuma, foi uma bela de uma pipocada), me digam o que é que foram as outras substituições do Santos?! Tabata no lugar de Molina? Até concordo que o Molina não estava bem, mas o cara pode desequilibrar a qualquer momento uma partida. E depois Adriano no lugar de Marcinho Guerreiro?! Pra que?! Ridículo, alterações seis por meia dúzia! Lamentável! O time precisando mudar a forma de jogar e ele faz essas merdas.

E VAI TOMAR NO CU, Fabão! Tá dormindo, seu fdp! Pô... o cara jogando mó mal, ao invés do Leão tirar o Fabão e colocar o Adriano, aí o Adriano ficaria improvisado na lateral e o Betão voltaria pra zaga, não!... Pra que, né?! Deixa esse merda jogar e entregar os gols. E VAI TOMAR NO CU, Lima! Desgraçado! Cê tá achando que é quem?! Toca a bola, fdp! PQP! O Santos perdeu várias oportunidades por causa dessa besta que queria resolver tudo sozinho. O time do Santos não possui heróis! O time do Santos veio vencendo porque o jogo em conjunto era o que prevalecia. E, Kléber Pereira, vai se foder! Não dá pra entrar sonolento daquele jeito.

Mesmo com todos esses problemas do Santos, o time do América não jogou bem também. E fez dois gols em falhas lamentáveis da zaga santista, que deixou o gordo Cabañas livre. O cara é lento toda a vida, mas sabe fazer gols. Bem marcado, não faz mal a uma barata, mas jogando com liberdade, o cara faz gol e não tem jeito. Mas pra piorar, o Santos conseguia concluir muito mal as jogadas de ataque. E pra acabar de vez com o Peixe, quando finalmente o Santos faz uma puta jogada e o Kléber Pereira marca um golaço, com direito a drible no goleiro, o desgraçado do bandeira marca um impedimento ridículo, inexistente. Não dá nem pra ter dúvida num lance desses, errou porque quis. Como é que colocam um argentino pra apitar nosso jogo?! Cambada de filhos da PUTA! Mesmo perdendo, esse gol fora era de grande utilidade pro Santos. Era importantíssimo que a gente marcasse um gol fora e esses desgraçado garfaram o Santos na cara dura.

Eu já vi esse filme, a Vila virando um caldeirão, mas o time jogando mal o primeiro jogo fora e ainda é prejudicado. Eu lembro como foi o Grêmio, lá eles venceram por 2 x 0 com um pênalti marcado de forma ridícula e, na Vila, o Sandro Goiano dando um pedala Renatinho e não sendo expulso. O Santos venceu por 3 x 1 o jogo na Vila, mas prevaleceu o gol do Grêmio marcado fora de casa.

Caso o gol do Santos ontem não tivesse sido injustamente anulado, o Santos só precisaria vencer por dois gols de diferença ou por 1 x 0 pra se classificar. Agora tem que fazer 3 gols de diferença e não tomar gols... Eu já vi esse filme e o final não foi bom pro Santos. Então, vamos se ligar, cambada! E não deveria poupar ninguém contra o Ipatinga, nesse domingo. Esses manés não merecem o descanso!

Agora reparem no erro grotesco do trio de arbitragem! SACRIPANTAS!!!

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Pra trazer um bom resultado de lá!

Vai pra cima deles SANTOS
Vai com Determinação
Tu que és o Glorioso
Visto seu manto com Amor e Emoção

terça-feira, 13 de maio de 2008

Pitacos para o Brasileirão

Como bom brasileiro que sou, preciso deixar meus palpites pra esse brasileirão. Depois, posso conferir lá na frente, pra ver se eu estava falando apenas bobagem.

Favorito ao título é impossível arriscar. Como disse o pessoal do SporTv, o Brasileirão começa com 12 favoritos e 8 times correndo por fora podendo surpreender. Mesmo assim, acredito que Palmeiras, Inter, Cruzeiro e São Paulo saem um pouco à frente em relação aos outros. São Paulo e Palmeiras perderam na primeira rodada, mas nada de desespero, pois os bambis estão se poupando pra Libertadores e os pururucas ainda não pararam de fazer festa pelo título, fora que perder pro Coritiba, com esse time ajeitadinho, lá no Couto Pereira, não é nenhum crime.

O Inter e o Cruzeiro largaram bem. O Inter mais ainda. Venceu o Vasco com um time misto, provando que possui um elenco de respeito. Pra mim, esse será o time a ser batido, principalmente por causa do elenco. O Cruzeiro será a sensação, deverá ser o time com o futebol mais bonito. Mas a equipe é jovem e deve oscilar durante o campeonato.

Os times do Rio são uma farsa e duvido queimar minha língua com isso. São fanfarrões que gastam muito e não chegam a lugar algum. O Fluminense desde 2003 é o mesmo papo, gasta um puta grana e fala: agora vai. E nunca vai a lugar algum. Deve inclusive ser eliminado no clássico colorido nas quartas da Libertadores. Temos que lembrar que o Flamengo, apesar de vencer o Santos, venceu o time reserva do Santos. Fora que possui um time molengas, aquele goleiro, então, é de dar dó! Botafogo pode fazer até um bom campeonato, mas no máximo fica com uma Sulamericana. Já o Vasco deve brigar novamente pra não cair.

O Grêmio deve fazer campanha mediana e se se reforçar, talvez brigue por uma Libertadores. O time do Coritiba foi uma grata surpresa no início do certame. Venceu e bem o campeão paulista, apresentou um futebol bom de ver. O Atlético-PR não vem muito bem das pernas e deve fazer campanha pra Sulamericana mesmo. Outros dois times que também devem brigar nessa região da tabela são Figueirense e Portuguesa, que travaram o jogo mais emocionante e com mais gols da primeira rodada. Foi um 5 x 5 incrível, em pleno Canindé.

Devem brigar para não cair: Ipatinga, que já foi rebaixado no mineiro; Goiás, que perdeu a final do goiano pro todo poderoso Itubiara, o time já não tinha ido bem ano passado e só não caiu porque disputou contra o Corinthians; Atlético-MG também vem mal e é uma pena ver o Galo passar essa situação lamentável bem no ano de seu centenário, se cair, ficará uma mancha pesada na história do clube. Vitória também deve participar desse grupo, o time não se estruturou corretamente pra jogar a série A. Sport e Náutico devem dar trabalho sempre, mas no máximo beliscarão uma Sulamericana.

Já o Santos deve brigar pela Libertadores. Com o elenco reduzido e com não tanta qualidade, fica difícil esperar pelo título, uma vez que o que conta é a regularidade nesse tipo de campeonato. Como o Santos está na Libertadores, o Leão priorizará essa competição e ele está certo. Sendo assim, o início de campeonato será ruim e mesmo que tenha muitas rodadas pra se recuperar, em termos de título, fica muito difícil. Mas sei que a esse time pelo menos não faltará garra e determinação e se bobearem o Santos irá pra cima do título nacional também!

Nota: e o Corinthians?! Hohohoho... Agora sério. A série B será uma baba, os times do interior de São Paulo – precisamente Ponte, SCA e Barueri-, mais o Juventude e o Paraná são favoritos às vagas da série A ao lado do Corinthians. Os gambás têm a obrigação de subir, pois lá na série B tem muito cego. Porém, a estréia deixou a desejar, pois venceu apertado por 3 x 2 do fortíssimo e assustador CRB, num jogo horrível. Tem que se ligar, pois tem cara na imprensa que falou dessa vitória num tom igual ao se o Corinthians tivesse vencido o Manchester com o Pacaembu lotado e não foi bem assim. O Corinthians que fique nesse futebolzinho ridículo, que daqui a pouco vai se ver, numa décima rodada, fora do G4.

Nota 2: Ah... e espero que os times avisem com mais antecedência as prováveis escalações que devem ir a campo ou, então, que não poupem tantos titulares. Meu início no Cartola foi ridículo! =/

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Com a cabeça na Libertadores

Estou realmente impressionado ainda com o jogo que o Santos fez na quinta contra o Cúcuta, na Colômbia. O time jogou pra cima, não recuou e não pensou em nenhum momento em só se defender, jogando com o regulamento debaixo do braço. A postura do Santos nesse jogo foi uma aula de como se joga mata-matas, sobre tudo mata-matas da Libertadores. E espero que a aula tenho sido forte para o próprio Santos. O time não se assustou nenhum pouco com a pressão da torcida e poderia ter metido uma goleada, mas faltou pontaria. Enfim, 2 x 0 foi de ótimo tamanho e com gols de nossos atacantes, o que nos deixa animado com o provável rendimento da dupla Kléber Pereira e Lima.

Agora o jogo é no México e já será nessa quinta. Diferentemente das oitavas, o Santos decidirá a vaga nessa fase em casa. O time tem que entrar do mesmo jeito que entrou contra o Cúcuta, marcando pressão e explorando o erro do adversário, mas sem se expor demais. Bom resultado é vitória, caso contrário poremos ter problemas na Vila, já que os times sempre vão pra lá pra se retrancar e como o campo é pequeno, fica difícil transpor um defesa bem postada.

O Santos também estreiou no Brasileirão e foi mal. Entrou com o time reserva, de titular, só Lima, Adriano e Wesley, que não tinham regularizados os vistos para o México. Apesar de ter jogado contra o Flamengo, o Santos poderia ter arrancado um resultado melhor com o time reserva. O Flamengo é fraco demais e o jogo foi feio de dar dó. Enfim... com a atenção voltada à Libertadores e sem um grande elenco, o início desse Brasileirão será um problema para o Santos. Mas estou confiante, pois não vejo também times tão melhores, pois se pra gente falta técnica, não tem faltado disciplina tática, empenho e garra.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Com atenção redobrada!!!


Vai pra cima deles SANTOS

Vai com Determinação

Tu que és o Glorioso

Visto seu manto com Amor e Emoção

terça-feira, 6 de maio de 2008

E no dia do trabalho?!

Quem deu a bola e deitou e rolou foi o Santos! Ah... como é bom ter jogos de novo do Peixe. Vou te falar que faz uma falta tremenda mesmo e ver jogos do Santástico, jogos onde o time mostra raça e determinação, me faz um bem incrível! Poucas coisas estão acima disso, família, amigos... e outras coisas.......

Mas o Santos no feriado teve uma rodada dupla: Paulistão Feminino e Copa Libertadores. A torcida aproveitou o feriado e compareceu em peso nos dois jogos e isso é positivo demais! A torcida do Santos vem tendo um peso muito importante nos jogos, o time é empurrado por ela!

O jogo do Paulistão Feminino foi contra o Corinthians, nosso sparring! A partida ocorreu no estádio da Lusa Santista (eu acho que é uma vergonha elas não jogarem na Vila), mas o jogo não foi fácil, a categoria feminina tem 11 anos, mas o jogo tem 95 anos e pesa toda história. Aliás, pesou demais, pois a torcida do Santos ficou hostilizando as jogadoras do Corinthians e isso não é bom, ainda mais com as moças. O time do Santos é superior ao do Corinthians e já no primeiro tempo fez 2 a 0, depois relaxou e permitiu um empate, mas depois administrou o jogo. Perdemos muito gols e faltou um pouco mais de empenho pra conseguir um placar melhor.

O time terminou a rodada com 100% e isso é muito importante, uma vez que essa primeira fase definirá os times de São Paulo para a Copa do Brasil Feminina. Só tenho uma reclamação a fazer quanto a essa categoria feminina, aliás, não com a categoria, mas com a quem a dirige. Pô, FPF... a arbitragem lá consegue ser ainda muito pior do que a masculina.

Enfim, após a festa da vitória sobre o Corinthians, a torcida foi para Vila à noite para empurrar o time contra o já conhecido Cúcuta. E o time jogou indo pracima desde o início. O time colombiano não teve espaço pra jogar, não conseguia respirar. O Wesley, que é fraco tecnicamente, mas pode evoluir, taticamente fez uma partida perfeita, roubou várias bolas. Logo o Santos abriu o placar, em um lance de rara técnica de Betão (chamado até de forma inconseqüente de Carlos Betão Torres... que crime... hahahaha), o bom zagueiro cruzou com perfeição para o estreante Lima conferir. Lima que mostrou faro de gol, mas ainda muito desentrosado, por isso não vou avaliá-lo, até porque Tiago Luis e Alemão estrearam com gol e depois não fizeram muita coisa.

Depois do gol, o time colombiano saiu um pouco mais, mas nada criou. No segundo tempo, o Santos ampliou o placar com Molina de falta e parecia que conseguiríamos um placar mais elástico, que seria fundamental para a classificação. Porém, o Wesley que vinha muito bem cometeu uma bobeira e acabou expulso. O time colombiano cresceu e o Santos teve que se contentar em administrar o resultado, mas mesmo assim 2 x 0 é um bom placar pra levar à Colômbia.

O segundo jogo será agora na quinta-feira e o Santos tem que ter o mesmo empenho. E esse empenho mostrado é o que nos faz acreditar que o Santos pode ir longe na Libertadores, quem sabe ao título. E também nos empolga em relação ao Brasileirão que começa nesse final de semana. E o primeiro jogo é contra o Flamengo e se o Santos passar na Libertadores, Santos e Flamengo devem jogar 3 vezes direto. O bom é que o Santos leva normalmente certa sorte com o Flamengo, espero que a sorte continue, caso a gente passe!

E olhando pra tabela...

... não achei o Corinthians... cadê? Ah... tá lá na série B!!! hohoho...

Vai começar o Brasileirão e a Globo já disse que vai transmitir as fortes emoções da série B... Como será a chamada pro jogo do Corinthians lá pro meio do campeonato?....