quarta-feira, 2 de abril de 2008

Chupa, EVO!

7 a 0! É isso aí, o Santos passou o carro, triturou e humilhou o fraquíssimo time do San José. O time do presidente boliviano poderia ter sido substituído por cones que ninguém notaria a diferença.

Leão deixou de ser teimoso e entrou com o time no 4-4-2. Porém, a novidade no meio-campo, Tabata, provou mesmo que tem que ficar na reserva. Tabata infelizmente é um jogador pra compor o elenco apenas e jogar o segundo tempo. Mesmo assim, o time apresentou boa movimentação, muito melhor que a lentidão apresentada quando o time joga com 3 atacantes. O time começou meio nervoso e afoito. Perdeu gols inacreditáveis, Wesley para variar errou passes infantis e perdeu um gol que nem meu avô se recuperando de lesão na coluna e com quase 90 anos perderia.

Mas não tinha jeito, o Santos possui, ainda sim, um elenco bom, um elenco que não perde em nada pro do São Paulo, Palmeiras, Inter e Cruzeiro. Acho que o que faltava às vezes pro Santos era união, agora falta um pouco mais de calma. Mas o time do Santos é infinitamente superior ao do San José, e eu falei para meu irmão que o Santos se jogasse sério, faria 8 gols fácil, se não fosse os perdidos, teríamos inclusive superar essa marca.

O primeiro gol saiu, na etapa inicial, num genial cruzamento do Kléber para Domingos que apenas cumprimentou de cabeça. Aí começou o show de Mad Molida! Em jogada individual, o verdadeiro camisa 10 do time de 2008 veio trazendo a bola da lateral direita pro centro e acertou bom chute de pé esquerdo, que o goleiro Vaca aceitou. Molina fez ainda mais um no primeiro tempo, após cruzamento bisonho de Wesley, o zagueiro do San José rebateu a bola de qualquer forma e Molina com muita classe colocou no canto direito do goleiro.

O que eu gostei no time do Santos foi a determinação e a entrega durante os 90 minutos. Mesmo vencendo por 3 a 0, o time não parou e procurou o gol até o final do segundo tempo. Como o San José estava entregue, não foi difícil encontrar os gols. E logo no início da segunda etapa, Molina de novo marcou um golaço! Um sem pulo num cruzamento de Kléber. Depois, Kléber ainda cruzou para o xará Pereira fazer o seu, o artilheiro do Peixe não poderia passar em branco. O time do Santos continuou indo pra cima e Leão fez alterações para dar mais gás, colocou o Michael Jackson Quiñonez e Tiago Luís. O MJQ ontem surpreendeu, apesar do San José não ser nada assustador, o jogador mostrou boa qualidade, aliás, já tinha mostrado anteriormente, mas era muito afobado. Com calma, fez boas jogadas e marcou o sexto gol da noite e primeiro dele com a camisa do Santos. E ainda tinha tempo pra mais um de Mad Molina, com passe de Tiago Luís (que se movimentou muito bem e mostrou que merece nova chance) pela direita na entrada da área, Molina entrou na área indo pro meio e chutou bem de esquerda não dando chances a Vaca, que foi buscar pela sétima vez a bola na rede.

Depois só festa, olé da torcida e só. Santos atropelou o fraquíssimo San José conforme o previsto. O Santos perdeu pra si mesmo lá em Oruro. O Leão só tem razão em dizer que a altitude venceu o Santos no segundo tempo, mas se nossos atacantes tivessem melhor pontaria, teríamos feito pelo menos uns 4 gols só no primeiro tempo. Fazer o placar de ontem na Vila, era uma obrigação moral do Santos.

Agora é preservar o time e viajar mesmo no sábado se for possível. O Santos pode já garantir a vaga no jogo da próxima quarta no México. E se viajar no sábado, já acaba com a palhaçada de vai entregar pra Ponte no Paulistão pra prejudicar a gambasada. Pois fica clara a posição do Santos que deve dar prioridade à Libertadores. Mas é claro que o time que entrar em campo no domingo vai pra vencer. Mas deverá ser composto apenas de reservas, e de preferência aqueles que nem inscrito na Libertadores estão. Como já disse, incompetente é o Corinthians que está dependendo de outros resultados pra se classificar, assim como foi incompetente o Santos que nem tem mais chances de classificar. Mas já que não tem como classificar, contra Ponte é apenas pra cumprir tabela.

2 comentários:

cristian disse...

Foi o resultado lógico: dia da mentira, dia do Santos jogar bem, hahahahahaha

André Henriques disse...

Putz... que pena pro Corinthians... não jogar nem uma vez bem esse ano, então... hohohohoho...

Vai, Fortaleza!

Fortaleza,
Clube de glória e tradição.
Fortaleza,
Quantas vezes campeão.
Fortaleza,
Querido idolatrado,
estás sempre guardado,
dentro do meu coração.