quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Vamos rir, vamos rir

E Marcelinho Carioca endossou o que todos os torcedores sabiam sobre o suposto mundialito de clubes de 2000 que aconteceu no Brasil. Segundo o maior jogador do Corinthians (pelo menos é o que conquistou mais títulos pelo clube), o título conquistado no torneio organizado pela FIFA não tem o mesmo peso que os títulos mundiais que os outros clubes brasileiros conquistaram, pois não houve a conquista da Libertadores.

Confira a entrevista do Marcelinho ao Lance sobre o Mundial:

Marcelinho: O Mundial tem toda essa briga de que não valeu porque o Corinthians não ganhou a Libertadores. A Globo também não cobriu (foi transmitido pela TV Bandeirantes)... Foi legal, merecemos ganhar o Mundial porque jogamos mais do que o Real Madrid e o Vasco, mas não tivemos o trajeto que o Flamengo, o Grêmio, o São Paulo e outros tiveram. Por isso acho que não é a mesma coisa.

Lance: Ih, acho que você vai derrubar nossa pauta...

Marcelinho: Estou sendo sincero contigo.

Lance: Mas foi o primeiro Mundial de Clubes organizado pela Fifa...

Marcelinho: Tudo bem, mas para o jogador tem de ter o trajeto da Libertadores. Não desmerecendo o título, mas acho que não valeu como Mundial.

Ponto final na questão: se o maior ídolo, o maior ganhador de títulos, jogador fundamental na conquista do título em questão, o homem que fala que a segunda pele dele é a camisa corinthians, diz que não tem o mesmo valor, quem é que vai discordar?

Dizem que já pensam em tirar o Marcelinho do Memorial do Corinthians.

2007 ainda não acabou

O ano pro Santos não é ruim. O time vai terminar como o melhor em aproveitamento dos pontos disputados em 2007 entre as equipes da série A do Brasileiro, foi bi-campeão paulista, terceiro colocado na Libertadores, é o atual segundo colocado do Brasileirão e ainda disputa o título simbólico de campeão do segundo turno no mesmo campeonato. Hoje no Hotel Hilton em São Paulo, o Santos renovou o patrocínio com Semp Toshiba até 2009. Além da ampliação do tempo, as ações envolvendo as duas instituições também aumentarão.

Pode parecer, assim, que o Santos não queira mais nada deste ano, pois atingiu parte de seus objetivos, ficando com um saldo positivo de conquistas e ainda conseguindo a renovação de uma boa parceria. No entanto, isso tudo é apenas aparência, porque tanto dentro como fora das quatro linhas o time ainda terá muita atividade para agitar o final da temporada.

A começar da próxima partida contra o Fluminense na Vila. A diretoria já colocou os ingressos da arquibancada a cinco reais e espera a casa cheia. Eu também espero, pois é importante a torcida ir lá para reconhecer os esforços feitos durante todo o ano. É legal todos irem até porque corre o risco de comemorarmos ali o descenso de um timinho aí. E esse jogo não será apenas importante para fazermos festa, ele terá uma importância econômica também. O segundo colocado recebe 1,125 milhões de reais e 50 medalhas prateadas como premiação pela CBF e o terceiro 900 mil reais, sem medalhas. Os patrocinadores do Santos também darão uma premiação adicional caso o time termine em segundo lugar. Espero, então, ver o time bem motivado para conseguir essa vitória.

Os bastidores santistas também estarão bem movimentados até o fim do ano. Os principais atletas tem vínculo com o clube pelo menos até o final da Libertadores, no entanto, Luxemburgo pode fazer seu último jogo no comando do Santos no próximo domingo. Seu contrato termina no fim do ano e a renovação parece que vai depender de um aumento de seu salário, o que para mim é um absurdo, uma vez que acho que deveria ocorrer o contrário. Luxa ganha aproximadamente 500 mil reais por mês o que é muito fora da realidade; e apesar de não considerar o ano ruim, pelo salário recebido, ele tinha que fazer o Santos vencer campeonatos mais relevantes que o Campeonato Paulista. Acredito que não vale tanto a pena manter um técnico assim, e que vale mais trazer outro técnico e investir na manutenção de uma boa comissão técnica. Aliás, essa última parte é relativamente fácil, já que o Santos possui uma das infra-estruturas mais completas e modernas do mundo inteiro.

Além de técnico novo, o Santos também poderá ter um novo presidente. Apesar de essa possibilidade ser bem difícil de acontecer, no dia 8 de dezembro, os associados deverão escolher entre a manutenção da atual presidência e diretoria ou mudar para a galera da Resgate Santista. Eu não faço parte de nenhuma das chapas que concorrem e nem tenho preferência entre elas, mas sou contra o continuísmo, acredito que isso é um mal tremendo para a administração de um clube. Acho que o Marcelo fez uma boa administração. Após graves erros, ele conseguiu reergue o Santos a partir da nova geração de Meninos da Vila e investiu em um projeto de marketing do Baleinha e Baleião que vem dando muitos resultados positivos. Porém, acredito também que tenha dado o tempo dele. A galera da Resgate não é formada por um monte de gente tonta, muito pelo contrário, esse pessoal também é bem sério e trilhará também por caminhos corretos, na minha opinião. Acredito que a alternância de poder seja a coisa mais saudável que pode acontecer para a saúde da administração do Santástico.

E temos que aprender com o erro dos outros. Não estou aqui dizendo que o Marcelo é um Dualib da vida, mas acho que o poder pode subir ainda mais à cabeça dele e ele acabe ainda se tornando um.

Sendo assim, nada de relaxamento para os santistas. E vamos ficar de olho nas próximas notícias, pois elas serão de grande importância para o futuro do time e dirão se o próximo ano poderá ser o grande ano do TRI.

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Esse é o país da Copa de 2014!

O Brasil tá se superando em fatos lamentáveis ligados ao futebol. Nesse último fim de semana, o Flamengo conseguiu a sua vaga à Libertadores 2008, e todos sabem qual a forma que isso aconteceu. O time da Gávea contou com ajudas enormes de CBF e STJD.

Primeiro, a dona CBF permite que vários jogos sejam remarcados e o Mengo tem a possibilidade de ter um segundo turno maior que todos os outros times, jogando com um time muito mais acertado do que o time que ele possuía na primeira fase do campeonato. Em segundo lugar, o Flamengo contou com inúmeras atenuações nas penas recebidas por julgamentos no STJD, a última foi a possibilidade de jogar a último jogo no Maracanã com os portões abertos, após perder o mando de campo. E o triste foi mesmo toda a declaração do presidente do clube, enaltecendo a força do Flamengo e ainda querendo botar pressão no São Paulo, será que podemos com isso???

Mas esse é apenas mais um capítulo na falta de cuidado com a paixão dos brasileiros. A CBF está pouco se importando com isso, age apenas por seus interesses. O problema que o descaso não pára nos bastidores do futebol e atinge toda sua estrutura. E as cenas que todos assistimos da Fonte Nova mostram que, nem com as vidas dos torcedores, eles estão preocupados.

Um estudo já apontava que a Fonte Nova não tinha a mínima condição de receber jogos e que deveria ser interditada o quanto antes. Caramba! Era uma tragédia anunciada, então. Mas além disso, o que fico puto mesmo é que esse tipo de estudo só é divulgado depois que a merda acontece.

Até quando teremos que ver cenas como essa? Como a final entre Vasco e São Caetano? A queda da arquibancada do Maracanã? As brigas dentro e fora do estádio? Os jovens se matando por torcidas organizadas? Quantas pessoas vão ter que morrer ainda para que quem comanda o futebol, o olhe com mais carinho?

“Vamos celebrar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja de assassinos
Covardes, estupradores e ladrões
Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso Estado, que não é nação
Celebrar a juventude sem escola
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião
Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade.”

Perfeição – Legião Urbana

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Até quando não precisa, é Santástico o show da Vila

Santos, sempre Santos! Que jogo gostoso de ver. A verdade é que foi demais a vitória! E to muito por meu time voltar a Libertadores, ter a chance de terminar como melhor time do segundo turno do Brasileirão e já ter garantido o melhor aproveitamento anual de pontos entre os times da primeira divisão do nacional, melhor até que o São Paulo, campeão brasileiro restando 4 rodadas (4º pentacampeão nacional).

Esse jogo teve vários momentos para o torcedor santista. O primeiro tempo foi horrível, Vitor Junior e Marcos Aurélio apenas vestiram a camisa, mas lá em campo eles não estavam. Aí vem o primeiro momento de ódio profundo ao treinador santista. O Santos é um time bom, aliás, na minha opinião muito bom, pois possui um meio-campo muito forte que marca e sai pro jogo, é o melhor setor do time. Então, se a gente quer que o time do Santos melhore o rendimento, temos que reforçar o meio. O que o Luxa fez? Tirou um meia (Vitor Jr.) e colocou um atacante (Renatinho). Tá o cara merecia sair e o Renatinho merece muito jogar no time titular, pois ele é o segundo melhor atacante que temos, mas até aí não dá pra colocar um no lugar do outro e enfraquecer o meio-campo do time.

A substituição ocorreu depois que o Santos levou um gol bobo. E depois dela a equipe ficou mais perdida ainda em campo. Ao final do primeiro tempo, o Santos tinha criado pouco e levado muito sufoco, o placar era justo apesar de sair numa baita falha de Fábio Costa e sistema da defesa. Dizem que a bronca dada por Luxa em toda a equipe era ouvida a metros do vestiário fechado. Luxa tinha razão em brigar, o time não mostrava brio, raça; o time tinha que se entregar naquele jogo, pois era uma decisão, a vaga para a Libertadores estava em jogo. Acho justa a bronca, mas ele também merecia um puxão de orelhas.

O segundo tempo começa e o jogo é idêntico ao do fim do primeiro tempo. Assim estava claro que o Santos não conseguiria nada, aliás, só conseguiria tomar mais gols, o que nessa altura do jogo eu já não achava tão ruim, pois isso prejudicaria muito o futuro time patrocinado pela Dolly, vulgo Corinthians.

Luxa percebe a besteira que fez e a corrige aos 18 minutos. Pra falar a verdade, ele foi mais ousado do que eu esperava: acreditava que ele tiraria Marcos Aurélio e colocaria o Pet e tiraria o Tabata pra entrada de Carlinhos. Vanderlei me surpreendeu ao tirar o Marcelo ao invés do Tabata! Assim, o Rodrigo Souto foi recuado pra Zaga e o Santos ganharia três meias ofensivos, pois o Kléber foi deslocado pro meio (e como ele rende nesse setor!).

O Santos só foi ataque. Defesas de Gabriel (goleiro do Paraná) e chances perdidas uma atrás da outra. O jogo tinha ali um panorama bem definido que apontava para um vira santista. No entanto, ironicamente que marcou foi o Paraná, em outro lance questionável de Fábio Costa (gosto muito de nosso goleiro, mas tenho que admitir que ele não está em sua melhor fase). Nesse momento pensei: “Dane-se! Que se danem os gambás! Vai, Paraná! Porque a gente vai lotar a Vila e detonar com o Fluminense na última rodada.”

Mas é aquilo: o que tá escrito vai acontecer. Se o panorama naquele momento anterior mostrava a virada santista, essa teria que acontecer. Dois minutos depois do gol do Paraná, Kléber Pereira aproveita cruzamento de Pet e marca de cabeça um lindo gol! E o Santos é só pressão, quem via ou ouvia ao jogo sentia que o Santos venceria a qualquer momento. Pouco depois, Renatinho lança Pereira que dribla Gabriel com um toque de cabeça e marca outro belo gol! Não posso negar que senti um pouco de frustração nesse momento, pois contava ali com a vitória do Paraná para prejudicar o Corinthians.

Mas aí que se foda também! O Corinthians que caia por própria incompetência! E aí fiquei torcendo e só esperando que saia o gol da vitória. E saiu! E dele de novo, Kléber Pereira! Que beleza! Três gols em um único jogo... ah se esse cara tivesse aí pra Libertadores. Que pena... Nova jogada com Renatinho que cruzou da direita e Pereira só cutucou no melhor estilo matador pro fundo da rede paranaense. Dez minutos após o primeiro gol, o Santos construiu sua vitória de maneira espetacular.

Aí a galera fala: "Vitória com o dedo do Vanderlei, pois mudou o time." Falem bem sério! O Luxa apenas corrigiu o que ele mesmo tinha ferrado. Sendo assim, 1 x 1 em acertos e erros, mas vou deixar 2 x 1 pros acertos, pois talvez ele tenha percebido que parte do erro era dele, apesar de que isso a gente não vai o ver admitir.

Bom... dali pra frente foi só administrar e esperar o fim do jogo. Paraná, 2, Santos, 3! E Santástico está mais uma vez na Libertadores! O que já virou rotina. E que ano que vem seja o ano do TRI!!!

PARANÁ 2 x 3 SANTOS

PARANÁ: Gabriel, Léo Matos, Daniel Marques, Neguette e Paulo Rodrigues; Goiano, Jumar (Jumar), Giuliano e Vandinho (Jefferson); Josiel e Lima (Adriano).Técnico: Saulo de Freitas

SANTOS: Fábio Costa; Alessandro, Adaílton, Marcelo (Carlinhos) e Kléber; Maldonado, Rodrigo Souto, Vítor Júnior (Renatinho) e Rodrigo Tabata; Marcos Aurélio (Petkovic) e Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Árbitro: Alicio Pena Junior (MG/ Fifa)Assistentes: Marco Antônio Gomes e Márcio Eustáquio S. Santiago (MG)

Local: Vila Capanema, em Curitiba (PR)

Cartões amarelos: Jumar, Léo Matos, Daniel Marque e Vandinho (Paraná); Marcelo (Santos)

Gols: Jumar, aos 30min do primeiro tempo; Paulo Rodrigues, aos 25min, Kléber Pereira, aos 28min, 36min, e 38min do segundo tempo

domingo, 25 de novembro de 2007

Faz-me rir de novo!

E o Corinthians continua sendo fonte das melhores piadas! Depois de o conselho gambá eleger o filhote de Dualib a fim de mudar a política do clube, o novo presidente resolveu atacar umas das últimas fontes de renda da falida agremiação: "Corinthians é Brasil. Brasil é Corinthians. E Nike é Brasil? Samsung é Brasil? Não", disse à coluna [de Mônica Bergamo para a Folha de São Paulo] o novo presidente do clube, Andrés Sanchez. Mas romper com as empresas não seria uma quebra de contrato? "Elas podem discutir a decisão na Justiça", diz Sanchez. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2211200710.htm

Sendo assim, podemos esperar o Corinthians de 2008 com camisas da Finta e patrocinado pelo Guaraná Dolly, o sabor brasileiro!

Vitória............

Apesar de tudo, vencemos o Uruguai. Sofrido... Não vou dizer sem merecer, pois nós fizemos os gols, mas foi daquele jeito.

É como disse: o Brasil fica engessado quando jogam os 3 (Kaká, Gaúcho e Robinho). É impressionante como ninguém pode participar dos ataques quando eles tão em campo, com exceção do centroavante. Foi só o Gaúcho sair pro time colocar os laterais pra descer e pra gente ver os volantes apoiando o ataque! Aliás, como é que sai o segundo gol mesmo: cruzamento de Maicon, chute errado de Gilberto e aí o Luís Fabiano só tem o trabalho de correr pra galera, pois ele já estava muito bem posicionado no momento em que recebe a bola.

Será que o Dunga quer mostrar que a seleção não pode jogar com todo o talento em campo? A esse brasileiro aqui que vos fala, isso não vai adiantar. Esse cara só pode estar louco! É o que digo: quem mandou colocar o anão mais bobo dos 7 lá???

Fora Dunga que não permite que o time jogue com os 3 em campo! Chega de nivelar nosso futebol por baixo. Já basta o São Paulo sendo campeão brasileiro com essa merda de futebol total sem talento e sem craques. Ainda prefiro o talento! Claro que o time todo precisa correr e ajudar na marcação, mas não precisamos de um milhão de volantes em campo e pouca habilidade! O Santos do início do ano mostrou que é possível jogar com talento e só não levou a Libertadores por um acidente. Aliás, quem levou a Libertadores também primava pelo talento e destruiu o tal futebol total.

O futebol brasileiro tem que aprender a lição do basquete americano que viu que ele não deve se adequar aos padrões europeus. Lá eles perceberam que podem e devem jogar pelo talento! Quem não tem tanta habilidade é a Europa e ela que corra atrás se desdobrando em criar táticas para anular as jogadas daqueles que são realmente craques do esporte.

Nota sobre a invasão

Pois é... ouvi o que imprensa tem falado sobre a invasão do Morumbi e eu gostaria de dar uma versão de quem participou da tal invasão.

1º - Não foi uma invasão. Falaram até que teve portão arrebentado! Isso tudo é mentira. O que aconteceu foi o seguinte, havia um portão aberto e todos entraram por ele, sem zona, quebra-quebra ou coisas do gênero. Depois analisando os fatos, vi que o pessoal do Morumbi estava recebendo mercadorias do Habib's e acabou vacilando ao deixar aberto um portão que dá acesso às arquibancadas. Então, não houve nenhum tipo de bagunça para entrarmos lá.

2º - Uma vez lá dentro, todo mundo procurou um local para se sentar e curtir o treino. Tinha família lá dentro e tudo estava correndo muito bem. Até alguns gritos pró-Brasil foram cantados. Só que deus uns 5 minutos que estávamos lá e veio a polícia pedir pra que nós saíssemos de lá, pois ninguém estava autorizado a ficar nas arquibancadas. Eles até nos perguntaram como chegamos lá e dissemos que foi pelo portão. Mesmo assim, pediram pra gente sair. O que acontece é que alguns torcedores ficaram muito putos com o fato de ter que sair e aí começaram a gritar "Uruguai", "Rogério Ceni" e tudo mais.

Acho o seguinte, já que estávamos lá dentro sem perturbar podiam nos deixar lá e só precisava impedir que mais torcedores entrassem. Até porque o treino não era fechado para torcedores, uma vez que os sócios do São Paulo podiam acompanhar.

Aí ficou uma puta de uma má impressão que tinha uma torcida de São Paulo que estava a fim de boicotar a seleção, o que é uma grande mentira. Eu estava com uma amiga e participei de tudo isso e fique chateado com bobagens que foram faladas. Até porque se fosse invasão assim, eu nem chegaria perto, até pelo fato de estar acompanhado dela.

Bom... fica aí a indignação das invenções cada vez mais comuns da imprensa brasileira.

E aconteceu o óbvio!

Ah... Meu Deus... Quando a gente fala, a gente é chato, mas fala sério: vocês acham ainda que esse time do Brasil joga muito? Vocês acham mesmo que o Brasil jogou bem contra o Equador? Tinha jornalista dizendo o seguinte depois do jogo contra o Peru: “Depois da excepcional, exibição no Maracanã, Brasil pára no Peru.” Excepcional??? Onde? Foi demais ver a jogada mágica do Robinho e o golaço do Kaká, mas o Brasil tava tomando pressão do Equador até sair aquele gol chorado do Gaúcho. Antes disse o Brasil tava perdido em campo e a torcida tava vaiando. Será que as pessoas não se lembram disso?

O Brasil jogou ontem da mesma maneira que vem atuando desde que o Dunga assumiu a seleção: quando time joga com Kaká, Gaúcho e Robinho, laterais, zagueiros e volantes ficam proibidos de descer ao ataque e quem desobedecer poderá receber até 100 chibatadas como punição! O time do Brasil é engessado, não tem passagem, não tem tabela, não tem nada de futebol brasileiro. Como é que um time que conta com 3 dos jogadores mais habilidosos de todo o mundo pode jogar tão burocraticamente??? É muito ruim ver o Brasil jogar daquela maneira, dá uma tristeza...

Minha amiga e eu conseguimos, aliás, o país todo viu o que ia acontecer se o Dunga mantivesse o time jogando daquela maneira: sairia logo, logo um gol do Peru, que, nem por decreto lei, levaria outro gol. E o decreto lei parece que teve toda validade, pois a cabeceada do Juan encontrou a trave no único cruzamento certo do Ronaldinho Gaúcho durante todo o jogo.

Enfim... 1 x 1 e agora é ver o que acontece contra o Uruguai.

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Cada vez mais lamentável

É brincadeira! O campeonato brasileiro realmente vai para a lama de novo. Em 2005, tivemos o escândalo da arbitragem e a decisão ridícula de anular todos os jogos sem investigar se o jogo, realmente, sofreu algum tipo de interferência. Também não foi levado em consideração o fato que os times não poderiam utilizar o mesmo elenco das partidas anuladas nos novos jogos, pois alguns jogadores poderiam estar machucados ou até vendido para algum time do exterior, o que torna ainda mais injusta a decisão. Nesse campeonato de 2005, a lama toda ficou por conta do time campeão, já que ele (e apenas ele) se beneficiou de tais decisões.

Em 2006, parece que também tivemos novos escândalos com o Corinthians novamente (o tal time campeão de 2005) comprando jogos para evitar o rebaixamento. A arrancada esplêndida conseguida por Leão na reta final do campeonato está sendo ofuscada, pois parece que tudo isso só foi cena. Os resultados já estavam arrumados e não teve nada de mística corinthiana (ah... eu escrevo conrinthiano ou corinthiana com h mesmo, tá lá no nome de onde deriva o resto, oras!) como muitos querem dizer por aí! Foi o bom e velho esquemão para salvar times considerados grandes do rebaixamento.

E esse ano, o esquemão tá rolando solto novamente. Só que agora é geral! Não há punições, não há mais respeito à tabela definida, inclusive com a opinião das televisões, antes do início do campeonato. Não há respeito mais nenhum com o torcedor! O campeão anunciado desde o início do segundo turno São Paulo parece que não tem nada contra ele. A vergonha mesmo fica por conta do comportamento de sua torcida e de alguns jogadores. A torcida, pois não compareceu no jogo contra o Grêmio. Caramba! Time campeão é só pra ir lá fazer festa e ninguém vai! Que ridículos! E os jogadores que não compareceram a uma homenagem que eles receberiam de um grupo de torcedores e nem deram satisfação por não terem aparecido. (tá bom, tá bom... num tem nada a ver com escândalos do futebol, mas não posso perder a oportunidade de falar mal dos bambis, oras! Isso também é legal)

No entanto, os times do Rio e o Corinthians não param de se escorar nas molezas que a CBF e o STJD têm dado a eles. A começar do caso Dodô! O que foi aquilo? O cara foi pego no doping, foi comprovado que praticamente o time todo usava a mesma substância, é dada uma punição exemplar para o atleta, todos que gostam de futebol e, principalmente, de esporte aplaude a decisão pra depois vir a porra do STJD atenuar a pena!!! Tá de sacanagem! Pra que esse circo todo, então? E pra mim ficou mais que provado que o Dodô jogava mesmo sob efeito de droga, pois depois desse episódio o cara não jogou mais nada.

Só que aí virou festa da uva! Qualquer um que tomava uma baita de suspensão, ia lá ao STJD, fazia uma pressãozianha e conseguia fazer com que, por exemplo, 120 dias de suspensão se transformassem em apenas 2 a 3 jogos no máximo!!! Alguém se lembra do caso Souza do Flamengo? Ah... claro que não era qualquer time, pois não lembro do Santos conseguir nem um efeito suspensivo (que é apenas a possibilidade de fazer com que a pena só seja cumprida após o recurso do primeiro julgamento ser analisado).

E vou te falar, o Flamengo deitou e rolou na sacanagem! Como é que em um campeonato de pontos corridos um time pode ficar com 7 jogos adiados pro segundo turno e tudo pra ser jogado no Maracanã! Pára! Faz trocentos anos que se sabia do Pan-Americano e a tabela foi feita sabendo de toda programação do Maracanã pro ano! Aí vem com essa frescura de que o Flamengo tem que jogar no Maracanã! E que tem que jogar e pronto e vão lá atrasam os jogos. Desequilibram toda tabela. Esses caras não são loucos! São muito espertos! Agora o Flamengo só faz jogo lotando o Maraca e tá com um time muito mais ajeitado do que no início do campeonato! Agora tá aí disputando uma vaga pra Libertadores. E o pior veio ontem, o Flamengo conseguindo efeito suspensivo pra jogar no Maracanã, depois de ser punido apenas 1 jogo. Ah se é na Vila…


O esquema tá forte pro Flamengo ir pra Libertadores! Bem que o Palmeiras tentou efeito suspensivo para o Valdívia, mas isso não é para time Paulista.

E tomem, tontos! Quando eu dizia que o Santos e o Palmeiras nunca teriam os títulos antigos reconhecidos como brasileiros, por causa do penta do Flamengo, ninguém dava bola, pois o pessoal dizia que até a CBF não via o Flamengo como penta. Mas e aí? O que a CBF fez agora? Quando foi entregar a tal taça de bolinhas pro São Paulo, resolveu jogar para o Clube dos 13 a decisão de quem é o primeiro penta. Aí... abraça! Flamengo penta e o pior com assinatura de São Paulo e Sport atestando isso! Mas vamos pro lógico: A CBF já tinha tirado a tal taça de circulação e deixou lá no cofre da Caixa Econômica Federal só esperando o Flamengo ser mais uma vez campeão, o que pra desgosto de Ricardo Teixeira não aconteceu. Mas só o fato deles tirarem aquela taça e colocar outra no lugar já demonstrava que pra eles o Flamengo era pentacampeão, mas aí virou palhaçada, pois o São Paulo resolveu ir cobrar o que ele entendia que era dele por direito.

Enfim... palhaçadas sem fim! E nós continuamos acompanhando futebol, só porque somos muito tontos e apaixonados!

terça-feira, 13 de novembro de 2007

É... parece que não vão deixar cair

Pára! Tava até indo dormir e vi isso... Que ridículo: http://www1.folha.uol.com.br/folha/esporte/ult92u345103.shtml

Realmente, não vão deixar cair! Como é que é que o cara que liga pro Dualib pra combinar depoimento pode ser considerado inocente e o Dualib culpado!

Pára... já começa com o negócio do arquivamento da CPI. Já tinham tentado tirar uns 60 pontos tanto do Náutico quanto do Paraná! Depois um milhão de anos, julgam o caso Grêmio para suspender o Olímpico justo no jogo contra o Corinthians. A Globo abafou até não poder mais os casos de pedofilia no Parque São Jorge... E agora mais essa?

Parei... se o Corinthians cair, vai ser por pura incompetência e por alguma justiça superior sendo feita! Pois não tão querendo deixar essa joça cair, não! O que seria justo... o final mais correto pra toda essa lama.

Do final de semana

Eu queria ter escrito antes do final de semana, mas um monte de coisa não permitiu. Aí tentei durante, mas não consegui parar. Era pra ter sido hoje de manhã, mas a correria do trampo não deixou. Mas eu não posso deixar em branco algumas coisas e que acabaram até acumulando com outras do final de semana... são até bobas, mas não posso deixar passar.

Santástico?

No início, eu iria mandar um belo elogio ao Luxa, pois ele tinha percebido que o Pet realmente não estava rendendo o necessário para estar no time titular. Porém, o caro técnico me vem de novo com essa de três volantes, deixando sozinho o nosso camisa 23! Fala sério! O pior foi ver o Kleber não subindo ao ataque para permitir a chegada do elemento surpresa: Rodrigo Souto (que jogou um partidão, mesmo com os gols perdido, mas não podemos abrir mão das subidas de nosso melhor jogador por motivo algum).

Se o que o Luxa queria era mostrar que o time depende do Pet, a este santista aqui ele só conseguiu que o time só joga quando ele abre mão de sua imensa teimosia.

Bambiando de novo...

Uma das atividades preferidas do torcedor fanático de futebol é secar os times rivais. Sim! É quase tão legal quanto ver o seu time vencer. Os jogadores do São Paulo além do jogo contra o Grêmio, também mostravam se interessados pelo resultado do jogo dos desesperados: Goiás e Corinthians. Um repórter da Gazeta resolveu ir lá conferir pra ver se era verdade mesmo se os jogadores estavam acompanhando o jogo pelo MP3. Alguns confirmaram. No entanto, o inusitado fica na resposta dada por Richarlyson: “Não. Eu to Marjorie Estiano”. Pois é, não é?.....

Desesperados

E o Corinthians, se se salvar, vai ser graças ao goleiro. Agora até pênalti o filha da mãe resolveu pegar. Esse era o único fundamento que ele falhava. Mas o Goiás deu muito mole também. Ô timinho ruim! Tem que disputar muito pra ver quem é pior mesmo entre esses dois times. Pelo visto será assim até a última rodada.

E nem vem que não tem sacanagem!

E parem todos que querem vir falar que pelo menos esse Brasileirão vai sair ileso de mutretas e sacanagens! A começar pelo Flamengo que deixou de atuar um monte de partidas no primeiro turno quando seu time era muito fraco, pra repor agora com um time mais acertado todos os jogos com o Maracanã lotado. Outra coisa: por que só agora saiu o julgamento que suspende um jogo o Flamengo do Maracanã? Pra última partida contra o time mais fácil? Por que será?

Fora que o Corinthians deitou e rolou em duas rodadas jogando às 17h, enquanto os outros times se ferravam no sol das 3 horas da tarde, já que estamos em horário de verão! E a Prefeitura tem que lembrar que o interesse de um clube não está acima de uma cidade. Reforma do Pacaembu já!

Papelão!

Se já não bastasse toda vergonha desse negócio de quem é primeiro Pentacampeão Brasileiro, a CBF tira o dela da reta e diz que o Clube dos 13 decidirá. Ou seja, Flamengo Penta; exatamente o que a CBF quer. Mas o papelão também fica por conta da volta olímpica com a Taça de Bolinhas de isopor promovida pelos jogadores do Flamengo depois do jogo contra o Santos... Que vergonha!

Nota triste

O óbvio veio à tona: Rebeca Gusmão usava bomba. Apesar de parecer óbvio, pois quem conheceu a menininha magricela sabe era impossível naturalmente ela ficar com aquele porte, mas é chato, pois até quando as pessoas não entendem que o esporte tem a ver com saúde, com desafiar o limite do corpo? Não tem nada a ver tomar bomba, você não mente que venceu apenas para os outros. Mente para si! É a vitória de alguém que iria fracassar...

Nota de revolta

E ainda querem fazer Copa aqui??? Grande piada! Sim! É uma puta piada falar isso pros brasileiros! Foi no mínino uma vergonha a venda de ingressos! Foi ridículo! Lamentável! Por mais que a procura tenha sido enormes, é pra se revoltar ver cambista com bolo de ingressos na mão! Eu ainda estava longe da bilheteria quando a notícia se confirmou, mas minha amiga, Moniquinha, estava na cara do gol, só tinha uma pessoa antes dela! E ela depois de esperam mais de quatro horas na fila teve que voltar com a mão abanando para casa! É ridículo!

Moniquinha, você é nossa heroína! Fica tristinha não! Essa galera ainda terá o que merece.

E, Manu, mais que muito obrigado por nos esperar na fila.

Não deu pra ir ao jogo, mas iremos aos treinos!

Notas da bagunça

“Vai, vai, vai, vai, vai, vai, vai... paspadá... Vai, vai, vai, vai, vai, vai, vai... paspadá”

“Você sabe não desisto, sou cabra da peste!”

“Tudo era apenas um brincadeira e foi crescendo, crescendo” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... essa foi a melhor!


Nota da bagunça que era interessante

É da melhor e é interessante pra quem ta na guerra!

“Ter Saudade até que é bom
É melhor que caminhar vazio
A esperança é um Dom
Que eu tenho em mim
Eu tenho sim”